Em 15 dias sai laudo com as causas do incêndio na Prefeitura de Parauapebas

Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros informou que deverá ficar pronto em até 15 dias, o laudo com as causas do incêndio que destruiu o segundo e terceiro pavimentos da sede da Prefeitura de Parauapebas.

O trabalho de perícia no local teve início neste sábado (30).

A instituição tem prazo de 30 dias para finalizar a perícia.

“Porém, devido à gravidade da atuação da ocorrência, a gente vai tentar diminuir esse prazo de entrega para ver se a gente consegue discutir as causas do incêndio”, afirmou o  CM.

Militares do 23º Grupamento Bombeiro Militar verificaram a situação estrutural do prédio da Prefeitura de Parauapebas e iniciaram o trabalho de perícia no local.

Segundo  ai informação, as lajes do terceiro pavimento, que foi atingido pelo segundo pavimento, que teve perda total, tiveram uns rompimentos de cabos e acabou fazendo uma ‘barriga’, na laje. E, por conta disso, a engenharia da prefeitura já fez o levantamento, as análises, e será feito um escoramento dessas laje para que seja feita a retirada dos equipamentos”, afirmou capitão Sandro Tavares, comandante interino do CM de Parauaebas,

Ainda de acordo com o capitão, na sexta-feira, o Corpo de Bombeiros conseguiu combater o incêndio por volta das 17h. “Nós fizemos o combate ao incêndio aqui na sede da prefeitura. Por volta das 17 horas (de sexta-feira), o combate já havia sido praticamente extinto. O que tinha ainda eram pequenos focos que estavam decorrente do incêndio”, contou.

CB consegue controlar incêndio que destruiu 70% do prédio da prefeitura de Parauapebas

Incêndio que se alastrou pelo prédio da prefeitura de Parauapebas, na  manhã desta sexta-feira, já está praticamente debelado.

Uma equipe especial do Corpo de Bombeiros, depois de mais de sete horas atuando em combate ao sinistro, conseguiu dominar as chamas por volta de 15 horas.

Oficialmente, não existe relato final sobre o total de área atingido pelas chamas, mas já se pode afirmar, observando o prédio a olho nu, que 70% do imóvel foi destruído.

Há, inclusive, informes dando conta de que parte estrutural  da construção fi comprometida pelo sinistro.

Localizado no chamado Morro dos Ventos, o prédio começou a ser destruído pelo fogo logo no início do expediente, quando uma servidora da prefeitura ligou a central de ar de uma das salas da Procuradoria Geral do Município.

O start da energia fi seguido de uma explosão, que iniciou a propagação de  labaredas pelos sistema de calha de refrigeração do prédio.

Em menos de 30 minutos, já se podia ver o incêndio consumindo salas e mais salas, com vários setores da administração pública destruídos com seus respectivos documentos, móveis, computadores e etc.

O rescaldo iniciado pelo corpo de bombeiros ainda não tem hora para ser concluído, considerando a proporção do incêndio.

A notícia confortante é que nenhum servidor foi vitimado pelo incêndio.  (Fotos: Bariloche Silva | Portal Pebinha de Açúcar)

Criança é morta por suposto ataque de uma onça na região da Transamazônica

Um menino de apenas 10 anos foi atacado e morto, possivelmente por uma onça, no início da noite desta quarta-feira, 27, na zona rural do município de Brasil Novo, na região sudoeste do Pará.

De acordo com a  Polícia Civil do Pará, o fato está confirmado, mas ainda não é possível afirmar se a criança foi, realmente, atacada por uma onça ou algum outro animal maior, que fugiu do local.

Na manhã desta quinta-feira (28), o delegado Hennison Jacob, da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), informou que os detalhes sobre a morte do menino ainda estão sendo apurados pela delegacia do município.

Em seu perfil no Facebook, o prefeito de Brasil Novo, Weder Carneiro (Pirica), também confirmou o fato e lamentou a tragédia.

Conforme as primeiras informações levantadas pela Polícia Civil, a criança teria saído para pescar em um lago, quando desapareceu.

Moradores da área relataram à PC que saíram à procura do menino e encontraram somente a roupa dele. A vestimenta estava rasgada e bastante suja de sangue em uma trilha no meio do mato.

—————————-

 

Atualização às 15h35

 

Após ​um menino de 10 anos ser atacado e morto por uma onça em Brasil Novo, município da região sudoeste do Pará, na última quarta-feira (27), moradores do local localizaram e mataram o animal, após iniciarem uma caçada.

A informação foi confirmada pela Polícia do Interior, vinculada à Polícia Civil.

Em uma foto, que circula pelas redes sociais, é possível observar que a onça preta foi encontrada em uma zona de mata com um corte profundo na região do pescoço. Até o momento não há informações sobre a identidade dos responsáveis pela morte do animal.

A vítima que não teve o nome divulgado morava na com os pais no Projeto de Assentamento Laranjal, próximo ao Rio Iriri.

A região fica a cerca de 70 quilômetros da sede do município, e a 870 quilômetros da capital paraense.

O menino saiu para pescar no início da tarde de ontem em uma represa da propriedade rural. Horas mais tarde, os pais saíram em sua procura e não o encontraram.

No local onde estaria pescando havia apenas as sandálias e short com marcas de sangue.

O corpo do garoto foi encontrado dentro de um pedaço de mata densa, a cerca de 50 metros da lagoa. A criança estava com a face dilacerada pelas mordidas do animal.

Encontrado raro diamante rosa de 170 quilates

O fato ocorreu fora do Brasil, mas merece repercussão pelo seu ineditismo.

Mineiros em Angola desenterraram

Um raro diamante rosa puro que se acredita ser o maior encontrado em 300 anos,foi desenterrado por mineiros, em Angola.

Trata-se de um diamante rosa de 170 quilates — apelidado de Rosa do Lulo — que foi descoberto na mina de Lulo, no nordeste do país africano rico em diamantes.

A descoberta ocorreu nesta  quarta-feira.

Segundo um comunicado daos investidores, este é um dos maiores diamantes rosa já encontrados.

A descoberta “histórica” ​​do diamante tipo IIa, uma das formas mais raras e puras de pedras naturais, foi bem recebida pelo governo angolano, que também é parceiro da mina.

O diamante será vendido em um leilão internacional, provavelmente por um preço impressionante, segundo estimativas. O diamante mais caro já vendido foi o Pink Star de 59,6 quilates. Ele foi arrematado num leilão em Hong Kong em 2017 por US$ 71,2 milhões.

Passageiro que surtou no aeroporto de Belém começa a ser investigado pela PF

Um  passageiro que  surtou e quebrou objetos, na tarde desta terça-feira, 26, no Aeroporto Internacional de Belém, começa a ser investigado pela Polícia Federal.

Depois de apresentar conduta descontrolada  e  contido com ajuda da Polícia Militar, o passageiro foi  levado para a sala de apoio da PF, com todos os cuidados para preservar a integridade física dele e das pessoas ao redor.

Segundo a PF, conforme definição da ANAC, passageiro indisciplinado é aquele que não respeita as normas de conduta em um aeroporto ou a bordo de uma aeronave ou que não respeita as instruções do pessoal de aeroporto ou dos membros da tripulação e, por conseguinte, perturba a ordem e a disciplina no aeroporto ou a bordo da aeronave.

A Polícia Federal colheu declarações de pessoas que presenciaram o ato, assim como de um parente do passageiro contido e do Agente da Polícia Federal que atendeu a ocorrência.

Além disso, foi prestado apoio para o atendimento médico local e encaminhamento ao Hospital de Clínicas. A PF instaurou um procedimento preliminar e a investigação segue em curso.