Criança é morta por suposto ataque de uma onça na região da Transamazônica

Um menino de apenas 10 anos foi atacado e morto, possivelmente por uma onça, no início da noite desta quarta-feira, 27, na zona rural do município de Brasil Novo, na região sudoeste do Pará.

De acordo com a  Polícia Civil do Pará, o fato está confirmado, mas ainda não é possível afirmar se a criança foi, realmente, atacada por uma onça ou algum outro animal maior, que fugiu do local.

Na manhã desta quinta-feira (28), o delegado Hennison Jacob, da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), informou que os detalhes sobre a morte do menino ainda estão sendo apurados pela delegacia do município.

Em seu perfil no Facebook, o prefeito de Brasil Novo, Weder Carneiro (Pirica), também confirmou o fato e lamentou a tragédia.

Conforme as primeiras informações levantadas pela Polícia Civil, a criança teria saído para pescar em um lago, quando desapareceu.

Moradores da área relataram à PC que saíram à procura do menino e encontraram somente a roupa dele. A vestimenta estava rasgada e bastante suja de sangue em uma trilha no meio do mato.

—————————-

 

Atualização às 15h35

 

Após ​um menino de 10 anos ser atacado e morto por uma onça em Brasil Novo, município da região sudoeste do Pará, na última quarta-feira (27), moradores do local localizaram e mataram o animal, após iniciarem uma caçada.

A informação foi confirmada pela Polícia do Interior, vinculada à Polícia Civil.

Em uma foto, que circula pelas redes sociais, é possível observar que a onça preta foi encontrada em uma zona de mata com um corte profundo na região do pescoço. Até o momento não há informações sobre a identidade dos responsáveis pela morte do animal.

A vítima que não teve o nome divulgado morava na com os pais no Projeto de Assentamento Laranjal, próximo ao Rio Iriri.

A região fica a cerca de 70 quilômetros da sede do município, e a 870 quilômetros da capital paraense.

O menino saiu para pescar no início da tarde de ontem em uma represa da propriedade rural. Horas mais tarde, os pais saíram em sua procura e não o encontraram.

No local onde estaria pescando havia apenas as sandálias e short com marcas de sangue.

O corpo do garoto foi encontrado dentro de um pedaço de mata densa, a cerca de 50 metros da lagoa. A criança estava com a face dilacerada pelas mordidas do animal.