Concessão da BR-163 somente em 2016

Publicado em 30 de novembro de 2014

 

O cumprimento de prazos legais deverá estender até 2016 a concessão da R-163 ao etor privador.

A rodovia, que liga Mato Grosso a Santarém assim que tiver um administrador de seus mais de 1.000 Km, ganhará obras de duplicação.

Os estudos de viabilidade da BR para concedê-la à iniciativa privada já forma concluídos.

Empresas que estão fazendo as análises para a duplicação da etrada deveriam tê-los entregado até novembro, mas pediram adiamento para janeiro de 2015.

Como é necessária uma fase longa de aprovação dos estudos e a escolha de um deles para fazer a concorrência, se tudo der certo, essas disputas só ocorrerão no fim de 2015.

Assim, investimentos de duplicação dessas estradas só devem começar em 2016.

Marabá perde sua liderança empresarial maior, Gilberto Leite

Publicado em 30 de novembro de 2014

 

Giba

Morre Gilberto Leite, presidente da Associação Comercial e Industrial de Marabá.

Um do fundadores do Grupo Revemar, Gilberto lutava há quatro anos contra o câncer.

Tumores que ele derrotava, sempre que passava por ciclos de quimioterapia, mas outros surgiam em pontos distintos de seu organismo.

Até para enfrentar a morte, Giba – meu querido amigo “Giba” – foi um protagonista  exemplar:  não se entregava.

Foi assim, nesses quatro anos: a doença de lá, ele de cá, também a bombardeando cheio de  esperança e  fé.

Até na doença, Gilberto nos deixa exemplos de determinação, estratégias e coragem

Eu me sinto órfão, neste momento, ao receber a notícia repassada por outro amigo comum, Mauro de Souza, vice-presidente da ACIM e dono da Casas Prata.

– “Nosso amigo se foi…”, com a voz embargada, o Mauro me pegou no exato momento no qual tomava café da manhã com minha família, saudando o 29 de novembro, data de meu aniversário.

A morte de Gilberto foi declarada nesta madrugada, por volta de 01h30.

O corpo está sendo velado no salão da Câmara Municipal de Marabá.

Meus sentimentos a Marilza, esposa; e filhos Paulo Leite, Luis Fernando e Carlos Henrique – além dos lindos netos que Gilberto tanto amava.

Em outros posts, voltarei a falar da importância de Gilberto Leite para o desenvolvimento de Marabá.  Ele era nosso empresário mais antenado com as demandas locais e regionais, buscando sempre encontrar soluções para problemas graves  e abrindo espaços para a chegada d enovos investimentos.

Uma verdadeira liderança, que se vai, deixando um vácuo enorme, difícil de ser reparado.

Hoje será um dia muito difícil para  os marabaenses  absorverem tamanha perda. (Hiroshi Bogéa)

————————-

Prefeitura emite Nota de Pesar pela  a morte de Gilberto Leite:

 

 

Nota de Pesar

 

O Município de Marabá vive hoje uma grande perda e está enlutado com a morte do presidente da Associação Comercial e Industrial (Acim), Gilberto Leite, por volta da 1h30 deste sábado, 29 de novembro de 2014, no Hospital Climec.

Gilberto Leite lutava havia quatro anos contra um câncer, mesmo assim, nunca se deixou abater pela doença e jamais abandonou as batalhas travadas pelo fortalecimento do setor empresarial local, sempre tendo em vista a criação de empregos e a geração de renda para o município.

Apesar de ter nascido em Ourinhos (SP), Gilberto Leite estava havia mais de 30 anos em Marabá, onde defendeu causas e foi um lutador aguerrido por conquistas como o Projeto Salobo a revitalização do Distrito Industrial, o movimento “O Pará é que Vale”, a instalação da Aços Laminados do Pará (Alpa), a derrocagem do Pedral do Lourenção e consequente viabilização do Hidrovia Tocantins-Araguaia e, por último a construção de faixa rodoviária na nova ponte da Vale no Rio Tocantins.

Também teve atuação fundamental na instalação de filiais dos grupos Y. Yamada, Havan, Mateus, Correias Mercúrio, Sinobras, além de outros empreendimentos.

Presidiu a Acim no biênio 2009-2010 e estava novamente à frente da Associação Comercial desde 2013, cumprindo mais um mandato em busca de dias melhores para Marabá e seu povo.

Parceiro da Administração Municipal em todos os momentos, Gilberto Leite era pessoa da mais alta honestidade, generosidade e solicitude, sempre disposto a abraçar tudo o que fosse em favor de Marabá, onde começou sua trajetória como um dos fundadores do Grupo Revemar, do qual atualmente era Diretor Institucional.

Gilberto Leite deixa a esposa Marilza e os filhos Paulo, Luís e Rique, além de três netos, aos quais nos juntamos na tristeza deste momento de grande perda para todos nós.

 

João Salame Neto

Prefeito Municipal

Tarifa social de água em Xinguara

Publicado em 28 de novembro de 2014

 

Anexado a emeio enviado por Carlos Rodrigues Santos Maia, residente em Xinguara, fatura de água de um consumidor local  endereçada ao blog  como registro da tarifa social cobrada pela empresa privada, concessionária dos serviços de água e saneamento do município.

A fatura mostra a tarifa social  R$ 7,75.

Diz a menagem de Carlos:

 

Caro HIROSHI BOGÉA como tenho observado a disposição de seu blog oferecer   informação a respeito dos serviços de água privatizado em Xinguara, para ajudar a debater a questão que se formou em Marabá, encaminho uma viz da fatura de água de nossa cidade, que tem a tarifa social a R$ 7,75. Boa sorte e parabens pelo trabalho.

Carlos Rodrigues Santos maia

Fatura água

 

Mengão equaciona pagamento de dívidas prevendo grandes contratações

Publicado em 28 de novembro de 2014

 

A situação financeira do clube que mais devia no Brasil, em 2012, está sob controle.

O Flamengo, dois anos depois da eleição de Eduardo Bandeira de Mello, caminha para se transformar numa potência do futebol mundial.

E essa perspectiva já começou a assanhar a oposição aos atuais dirigentes.

Em 2015 haverá nova eleição para presidência do Clube mais querido do Brasil, e os gatunos de sempre ensaiam uma oposição ferrenha aos atuais dirigentes, principalmente depois que Eduardo fez uma breve prestação de contas do quadro econômico flamenguista.

O último balanço divulgado, referente ao terceiro trimestre de 2013, mostra as  contas do rubro-negro,  sendo saneadas, e a projeção é de que haja um bom fluxo de caixa para 2016/2017. Numa expectativa otimista, pode chegar a R$ 100 milhões limpos para investimentos no futebol ou em qualquer outro esporte.

Resumo da entrevista de Eduardo à imprensa do Rio de Janeiro:

—————

Queda das dívidas

“No último balanço, referente até setembro de 2013, a dívida caiu de R$ 750 milhões para R$ 577 milhões. Até o fim do ano deve chegar a R$ 562 milhões. Antes, a dívida por torcedor, que é uma das nossas fontes de renda, era de R$18,75. Agora, está em perto de R$ 13. Ao contrário da maioria dos grandes clubes brasileiros, segundo o estudo do Itaú BBA, o Flamengo é o único que teve redução nas dívidas. Nunca vai chegar a zero, nenhuma empresa trabalha com isso. O que temos é o endividamento bom e o ruim. Por exemplo, se pegar financiamento para gerar mais receita, é bom.”

Potência em 2016/2017
Em 2016, começamos a caminhar para sermos uma potência no futebol. Esperamos contar com endividamento público reescalonado (dívida tributária alongada em 20 anos dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal) e trabalharmos com endividamento privado de acordo com a nossa realidade. Podemos comprar um jogador e dividir o pagamento por ele. Isso é uma dívida boa. E, continuando assim, temos a projeção do departamento financeiro de R$ 80 a R$ 100 milhões no orçamento para investimentos.”

Flamengo de 2015

“Vai ser melhor do que 2014, mas não podemos considerar confortável. Teremos mais investimentos no futebol. Alguns penduricalhos da folha de pagamento ficam menos expressivos. Não vai ser o dobro de investimentos em valores, mas talvez em qualidade.”

 

Contratações

“Temos que usar a criatividade e sentimos que os jogadores estão acreditando mais na credibilidade do Flamengo. Existem negociações em andamento, só vamos divulgar mais tarde.”

Atrasos de pagamento

“Cada mês é difícil de fechar com tudo em dia. Estamos com os direitos de imagem de alguns jogadores atrasados (alguns chegam a cinco meses). Mas não é tão expressivo na renda total deles. Eles estão tranquilos porque sabem que vão receber.”

Sócio torcedor

“Hoje já é a terceira maior receita do clube, atrás das cotas de TV e muito perto da Adidas. Atualmente temos 57 mil sócios torcedores no programa (chegou a ter 64 mil após a conquista da Copa do Brasil). O Internacional, que lidera, tem 120 mil. Se tivermos o que eles têm, estaremos no caminho certo. Porém, o processo é lento, tem de ser construída fidelidade maior.”

Contrato com Maracanã
“O Flamengo fica, em média, com 23% da renda, abaixo dos outros clubes, que fizeram contratos com novos estádios. Mas qual era a opção? Para nós, não era vantajoso um acordo como o do Fluminense. O consórcio age também em função do contrato de concessão. Temos de sentar com os outros clubes e o governo do estado para revermos algumas questões.”

Denúncias da oposição

“É acusação gravíssima (um conselheiro da oposição formalizou pedido para que o Conselho Deliberativo investigue denúncia de grampos de telefones pessoais de funcionários e monitoramento de e-mails por uma empresa contratada pelo clube). Nosso departamento jurídico já está estudando processá-los. Imagino que a motivação deles em fazer isso é porque estão de olho no poder do Flamengo. Devem estar vendo que o clube está melhorando e que, de 2016 para frente, o clube estará saudável. A minha preocupação é que o clube não caia em mãos não tão confiáveis. Se não existe nada para descobrir, não vão descobrir nada.”

 

Hospital diz que Pelé está na UTI. O Rei desmente no Twitter

Publicado em 28 de novembro de 2014

O Hospital “Albert Einstein”, em São Paulo, divulgou boletim informando que o estado de saúde do ex-jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento – Pelé -, 74 anos, é delicado. Segundo a casa de saúde, onde o maior craque brasileiro de todos os tempos está internado desde a última segunda-feira, 24, a princípio, o jogador passou por uma cirurgia para retirada de cálculos renais, após ter sido detectada uma infeção urinária. Entretanto, mesmo com a cirurgia, a resposta ao antibiótico utilizado no tratamento não foi satisfatória.
Ainda de acordo com o hospital, uma bactéria causou infecção no sangue de Pelé e, desde a madrugada desta sexta-feira, 28, ele recebe tratamento na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) devido o quadro ter se agravado. Os médicos temem que o Rei venha a ser vítima de uma infecção generalizada.

Pelé desmente

Em seu Twitter, falando na primeira pessoa, Pelé diz que não está na UTI:

“Quero aproveitar essa oportunidade para que vocês saibam que estou bem. Não fui colocado na UTI hoje, eu simplesmente fui realocado para uma sala especial dentro do hospital apenas por privacidade”.