Senador Paulo Rocha está entre os “Cabeças” do Congresso Nacional

Publicado em 31 de agosto de 2015

O DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar divulgou, nesta segunda-feira (31), a lista dos “Cabeças” do Congresso Nacional em 2015. O Senador Paulo Rocha está participando de um grupo especial dos mais influentes parlamentares brasileiros.

Para o Diap, Paulo Rocha está honrando os compromissos e voto do povo paraense, e cumpri o mandando com os atributos que caracterizam um protagonista no processo legislativo, destaca-se “a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão”.

Confira a lista na íntegra AQUI    e    AQUI.

Vacinação contra polio vai até dia 10, no bairro Liberdade

Publicado em 28 de agosto de 2015

Uma nota de utilidade pública.

Em face da grande demanda pela vacinação contra a poliomielite na Unidade de Saúde do Bairro Liberdade, uma sala de vacinação foi aberta na Escola Elcione Barbalho e está funcionando das 8h às 11h30, até o dia 10 de setembro.

Vítimas de lesões exaltam tratamentos na Clínica Aquafísio

Piscina 3

 

O blog já mostrou que a Hidroterapia ou Fisioterapia Aquática é indicada para tratamentos ortopédicos, neurológicos, reumatológicos, cardiovasculares entre outros.

Hidroterapia ou fisioterapia aquática é um recurso da área da reabilitação que vem demonstrando resultados positivos no tratamento e na prevenção de várias patologias, ampliando a perspectiva de recuperação para muitos pacientes.

Também mostrou o coquetel de inauguração da  Aquafísio – primeira clínica do gênero construída no interior do Pará, oferecido semana passada pela fisioterapeuta Silvane Nascimento, idealizadora do empreendimento.

Durante a celebração da abertura oficial da moderna clínica, o blog ouviu depoimentos de pacientes da fisioterapeuta Silvane Nascimento.

A seguir, o que dizem eles.

 

Hormino Damascena Santos, 91 anos, submetido a tratamentos  de dores na coluna e pernas.

Hormino Damascena

   – Se os resultados na Aquafísio não fossem satisfatórios, eu ficaria aqui somente um mês fazendo o tratamento. Só que os resultados positivos da fisioterapia na água estão me deixando tão bem que isso me convenceu a dar continuidade ao tratamento, que já dura quatro meses. Esse é o melhor tratamento que já passei em toda minha vida.

 

Maricleusa Viana Oliveira, vítima de AVC em 6 de janeiro de 2013 que paralisou todo o lado esquerdo do corpo.

Maricleusa

     –   Com a ajuda da Dra. Silvane, eu consegui recuperar todos os movimentos, Hoje faço três sessões por semana, e só tenho a comemorar os resultados positivos que venho conseguindo. Eu agradeço a Deus por ter colocado a Dra. Silvane em minha vida, porque o tratamento aqui na clínica é único e diferenciado.

 

Zelinda Servilha, 64 anos, fraturou o fêmur em quatro partes, sendo submetida a várias operações em Belém.

Zelinda

    – Depois que retornei de Belém, o médico que me operou indiciou a Clínica Aquafísio. Após quatro meses de tratamento, posso dizer que estou andando perfeitamente, estou curada. O meu médico ficou admirado com a cicatrização  das minhas lesões, por ser muito difícil por causa da minha idade. Devo ressaltar ainda o atendimento da Dra. Silvane, que trata individualmente cada necessidade do paciente.

Os diferenciais da Clínica Aquafisio são os princípios físicos da água que desempenham papel fundamental para fins terapêuticos.

“Entre os princípios, podemos citar a  densidade, pressão hidrostática, e flutuação, que contribuem de forma determinante na execução do movimento, promovendo repostas mecânicas e fisiológicas específicas. A flutuação, por exemplo, atua no suporte às articulações reduzindo a descarga de peso corporal, além de ser capaz de proporcionar assistência ou resistência ao movimento na água”, explica Silvane Nascimento, diretora da Aquafísio (foto abaixo).

Piscina 4

 

A fisioterapia aquática traz muitos benefícios, entre eles: fortalecimento muscular, aumento das amplitudes articulares, melhora do condicionamento cardio-respiratório, alívio da dor, estímulo das atividades funcionais, do equilíbrio e coordenação, melhora da postura e imagem corporal.

“O impacto emocional do movimento realizado na água proporciona uma sensação de vivacidade, bem estar e um sentimento de realização. Ampliando suas capacidades e habilidades, o indivíduo torna-se mais confiante, seguro e motivado”, avalia a profissional.

Piscina 10

 

Jovem paciente, entre Silvane (E) e  Brenda Candeira, cursando 9o. período de Fisioterapia
Jovem paciente, entre Silvane (E) e Brenda Candeira, cursando 9o. período de Fisioterapia

O tratamento é realizado dentro de uma piscina aquecida a 34º, preparada e adaptada para esta finalidade, composta por vários equipamentos, escada com corrimão, dois níveis de profundidade  e piso antiderrapante.

Piscina 7

Piscina 8

 

Disseminadores de Educação Fiscal são capacitados
Equipe da Segfaz, liderada pelo secretário Ricardo Rosa, participando de curso.
Equipe da Segfaz, liderada pelo secretário Ricardo Rosa, participando de curso.

 

“A Educação Fiscal procura despertar a consciência para o exercício pleno da cidadania, sensibilizando a sociedade a pagar os impostos e fiscalizar a aplicação desses recursos em serviços públicos de qualidade”.

Explicação é do Secretário de Gestão Fazendária de Marabá, Ricardo Rocha, avaliando a importância do  Curso de Formação de Disseminadores em Educação Fiscal, oferecido aos servidores da Segfaz.

Curso teve duração de 20 horas, no  Auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) – Regional Marabá.

De acordo com informações do secretário,  servidores públicos municipais e estaduais participaram da capacitação, fato quer virá contribuir na conscientização de direitos e deveres relativos aos tributos e à aplicação dos recursos públicos, incentivando o controle social para o efetivo exercício da cidadania.

Agora, os vinte participantes farão outro curso, sobre o mesmo tema, porém on-line, com duração de 120 horas, incluindo várias atividades.

Juiz César Lins esclarece sobre seu afastamento termporário

Publicado em 27 de agosto de 2015

Ausente de Marabá, somente agora tomei conhecimento da decisão do Tribunal de Justiça do Estado em afastar de sua função, o juiz de Direito César Lins, da Comarca de Marabá – enquanto responde a processo administrativo.

Nesta tarde, pedi ao conceituado e respeitado juiz, esclarecimento sobre o episódio.

Afável sempre com a imprensa, e um dos defensores ferrenhos da liberdade de expressão, César Lins acaba de enviar nota sobre a decisão do TJE.

Eis a nota:

 

 

Foi com muito pesar mas com a devida serenidade que recebi a notícia do afastamento de minhas funções judicantes . Não concordo, contudo respeito a decisão da maioria dos desembargadores do TJPA, onde também vários deles foram contrários ao meu afastamento.

 Lembrem-se  que o Direito é dialético e admite posições em contrário.

Responder a processo administrativo é inerente à função com tanta responsabilidade e que desagrada diariamente interesses.

E é neste espaço que você poderá se defender, mostrar sua versão a um magistrado independente, além  de recorrer às instâncias superiores se não ficar satisfeito.

Não obstante atualmente milhares de juízes respondem a procedimentos administrativos no Brasil, tanto  nos Tribunais ou no CNJ, pois há obrigação de apuração pelas autoridades disciplinares sob pena de prevaricação. Processo administrativo não induz a presunção de culpa do magistrado.

Em caso de culpa, o juiz pode ser punido com advertência e nos casos mais graves com aposentadoria compulsória, normalmente para casos que envolvem corrupção, desmandos, falta de trabalho, crimes graves …

Não vislumbro no caso da soltura do PM, onde me acusam de ter errado no procedimento, que tenha falhado nas minhas funções judicantes (irei provar no PAD) e nem tampouco que isto seja motivo suficiente para afastar um magistrado – já que esta medida extrema é tomada em casos graves – normalmente envolvendo corrupção, falta de produtividade…O que não o caso deste magistrado. Fato é que Agi para evitar uma prisão ilegal.

A regra é ficar no cargo respondendo ao Processo disciplinar e apenas afastado em casos excepcionais. Por isso vamos tentar reverter esta situação.

Quantos as ofensas dos dirigentes da OAB- PA e da Seccional de Marabá, na verdade são por demais corriqueiras tanto que são alvos de processo em trâmite na Justiça Federal proposto por este magistrado já aguardando sentença, tudo por não saberem segurar suas línguas, inclusive por noticiarem falsas denúncias.

O TJPA sempre apurou reclamações contra este juiz e nunca houve qualquer processo dormitando, tanto que tenho a grande maioria arquivado por ser improcedente, onde todos os corregedores são merecedores de honra e glória na suas atuações.

Por fim , entristeço-me,  Sr. Jarbas Vasconcelos, por sua alegria ao meu afastamento, pois quando o senhor  foi afastado da presidencia da OAB-PA pela OAB Federal, sob “graves acusações”, na verdade não aproveitei a situação para escarnecer sua pessoa, pois diferente do senhor, entendo que todos são inocentes até que se prove em contrário, e acusações sem prova são o mesmo que homem sem alma e sem Justiça no coração!

O homem que não tem juízo ridiculariza seu próximo mas o que tem entendimento refreia a sua  língua (Provérbios 11.12)

César Dias de França Lins

Juiz de Direito