Prefeituras assumem iluminação pública

Publicado em 31 de dezembro de 2014

 

A partir desta quarta-feira (31), os prefeitos de todos os municípios brasileiros deverão assumir os ativos de iluminação pública, que atualmente estão sob gestão das distribuidoras de energia. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a medida busca atender à Constituição Federal, que determina que a iluminação pública seja de responsabilidade municipal. Os ativos de iluminação pública  incluem luminárias, lâmpadas, relés e reatores. Os postes de luz continuarão sendo administrados pelas distribuidoras de energia.

O prazo chegou a ser prorrogado três vezes, pois as prefeituras alegaram dificuldades para cumprir a determinação e se responsabilizar pela implantação, expansão, instalações, manutenção e consumo de energia. Para custear o serviço, os municícipios poderão instituir a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), que, por sua vez, pode ser arrecadada por meio da fatura de energia elétrica. Outra opção dos municípios é arrecadar recursos pelo Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Jatene coloca dois representantes do Sul/Sudeste em seu secretariado

Publicado em 31 de dezembro de 2014

 

 

O Sul e Sudeste do Pará têm dois nomes no secretariado do segundo governo de Simão Jatene.

O advogado de Marabá Luciano Lopes Dias assumirá a Presidência da Cosanpa. Atualmente, Luciano dirige a Sedurb.

Luciano Guedes presidirá a Adepará.

A seguir, relação dos secretariado anunciado prlo governador , nesta manhã, em Belém:

 

1- Polícia Militar – Coronel Roberto Campos

2- Fundação Cultural do Pará – Dina Oliveira

3- Secretaria de Cultura (Secult) – Paulo Chaves

4- Secretaria de Educação (Seduc) – Helenilson Pontes

5- Secretaria de Administração (Sead) – Alice Viana

6- Secretaria de Fazenda (Sefa) – José Tostes

7- Secretaria de Comunicação (Secom) – Daniel Nardin

8- Casa Civil – José Megale Filho

9- Secretaria de Saúde (Sespa) – Heloísa Guimarães

10- Secretaria de Segurança Pública (Segup) – General Geanor Jansen

11- Procuradoria Geral do Estado (PGE) – Antônio de Melo Neto

12- Secretaria de Meio Ambiente (Sema) – Luis Fernandes Rocha

13- Instituto de Terras do Pará (Iterpa) – Daniel Lopes

14- Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) – Alex Fiúza de Mello

15- Companhia de Habitação do Pará (Cohab) – Lucilene Farinha

16- Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) – Renilce Lobo Nicodemos

17- Secretaria de Turismo (Setur) – Adenauer Góes

18- Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) – Luciano Lopes Dias

19- Secretaria de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sepof) – José Alberto Colares

20- Secretaria de Pesca – Hildegardo Nunes

21- Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) – André Cunha

22- Secretaria de Transportes (Setran) – Ismar Pereira

23- Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa) – Adelaide Oliveira

—————-

Atualização às 19:42

Simão Jatene anunciou nomes de mais auxiliares, no final da tarde desta terça-feira, 30.

 

Auditoria Geral do Estado – Roberto Amoras, engenheiro civil pela UFPA;

Casa do Trabalhador – José Francisco. Presidente da União Geral dos Trabalhadores no Pará (UGT) e dirigente estadual do Partido da Mobilização Nacional (PMN);

CredCidadão – Fabrício Gama. Formado em Gestão de Órgãos Públicos com ênfase em tecnólogo pela Unama.

CPC Renato Chaves – Orlando Salgado. Engenheiro civil graduado pela UFPA em 1988 e pós-graduado em Ciências Forenses pelo Cesupa.

Escola de Governança – Rui Martini. Graduado em Agronomia pela Faculdade de Ciências Agrárias do Pará, pós-graduado em Gestão Acadêmica pela Universitária pela Fundação Pedro Leopoldo (Belo Horizonte – MG);

Fasepa – Simão Pedro Bastos. Ex-coordenador de Planejamento da Ação Social Integrada do Palácio do Governo (Asipag);

Iasep – Iris Gama. Formada em Administração, tem MBA em Auditoria pela FGV.

Igeprev – Allan Gomes Moreira. Advogado, mestrando em Direito, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional;

Pro Paz – Jorge Bittencourt. Economista, foi gerente de Agronegócios na Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) entre 2003 a 2006. Também atuou como secretário executivo e assessor técnico da Associação dos Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás (Amat), de 2006 a 2010.

Prodepa – Théo Pires. Engenheiro Civil pela UFPA, especialista em Engenharia da Produção pela PUC-RJ e em Computer Information Systems pela University of Miami.

NGTM – Cesar Meira. Arquiteto, atuou como secretário executivo de obras públicas do Pará, de março de 2001 a abril de 2002. Foi diretor geral da Secretaria Municipal de Habitação de Belém e diretor de Patrimônio da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem);

Núcleo Gestor do Parque do Utinga – Augusto Pantoja é professor de História e advogado.

Prefeitura paga nesta terça salários de dezembro

Publicado em 30 de dezembro de 2014

 

Quem informa é a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marabá:

 

A partir do meio-dia desta terça-feira, 30, os servidores da Prefeitura Municipal de Marabá já podem se dirigir às agências bancárias para receber o salário de dezembro.

O pagamento  do salário dos  servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) está programado para a próxima semana.,

Também foi liberado o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro dos educadores sede e contratados.

Artista paraense é destaque no programa de Fátima Bernardes

Publicado em 29 de dezembro de 2014

 

Depois de ter se destacado no Art Battle Brasil, na cidade de São Paulo, evento realizado no final de novembro 2014, a artista plástica paraense, Moara Brasil, estará no programa Encontro de Fátima Bernardes (Globo), nesta terça-feira, 30.

Moara foi caracterizada de índia (foto) o que chamou muito a atenção dos organizadores do Evento.

Moara

 

O Art Battle é realidade em mais de 30 cidades no mundo que teve sua fundação no Canadá.

Os participantes têm 20 minutos para pintar uma tela com tinta acrílica, utilizando o que quiserem: pincel, espátula, stencil, dedo.

Os artistas competem nos cavaletes pelo voto do público para mostrar seu talento e as pessoas acompanham de perto o processo criativo, participando desta atmosfera inspiradora. Além disso, todas as obras são leiloadas no próprio evento, com lance mínimo de R$ 150, com 70% do valor voltado ao realizador do quadro.

Moara é filha do sociólogo Dornélio Silva, diretor do instituto Doxa.

Moara pintando no Art Battle
Moara pintando no Art Battle
Rodovias do Sul do Pará ganham nova roupagem

Publicado em 29 de dezembro de 2014

De uns tempos pra cá, mais precisamente a partir de 2012,   rodovias paraenses localizadas ao Sul e Sudeste do Estado foram totalmente recuperadas – destacando-se a PA-150, que teve seus 400 km – de Moju a Morada Nova, em Marabá – totalmente reconstruídos.

De Marabá a Goianésia, a rodovia paraense foi alargada, ganhando nova pavimentação e pistas de acostamento.

Viajar pela PA-150,  antes de 2012, significava pagar penitências, além de correr riscos de acidentes  graves.

Muitas vidas  tiveram fim  nos buracos assassinos da estrada ou na entrada das velhas pontes de madeira, finalmente substituídas por seguras pontes de concreto.

De Marabá a Moju, agora todas as pontes são de concreto.

Nas últimas horas, o poster  percorreu  rodovias  sob responsabilidade do governo do Estado, constatando a nova realidade

Dá gosto, agora, pegar um carro e viajar pelas rodovias paraenses.

O governo ainda realiza serviços em alguns trechos da PA-150, entre Tailândia e Moju, principalmente fincando sinalização vertical/horizontal.

Antes das obras de reconstrução da estrada, diante dos imensos buracos que  dominavam o trecho (foto abaixo),  o percurso Marabá-Moju demorava em média sete horas.

Pa 150 antes

Agora, com a rodovia toda reconstruída (fotos abaixo), a  Pa-150  permite ao  motorista fazer um trajeto seguro, de Marabá a Moju, em apenas quatro horas.

Pa150 2

Pa150

Um levantamento feito pelo blog mostra que não apenas as rodovias do Sul e Sudeste.

PA- 275

A PA-275, ligando Eldorado  Parauapebas, também ganhou serviços de restauração e conservação em seus 66 quilômetros da via (foto abaixo).

Pa 275

Há quase oito anos a via não recebia nenhum serviço e apresentava longos trechos sem asfalto, sem sinalização, com buracos e pontes deterioradas.

 

Os trabalhos de recuperação da rodovia incluíram instalação de nova sinalização horizontal e vertical, inclusive com taxas reflexivas para visualização noturna.

As três pontes existentes ao longo da rodovia foram recuperadas, os guarda-corpos foram reconstruídos e foram fixados defensores metálicos garantindo visualização noturna segura aos motoristas que trafegam pela rodovia.

PA-287 

 

Toda a extensão dos 100 quilômetros da rodovia PA-287 , que liga os municípios de Conceição do Araguaia e Redenção, foi recuperada (foto abaixo).

 

A estrada era esburacada e mal sinalizada.

Antes das obras na rodovia, de  Conceição para Redenção, eram quase duas horas e meia, mas agora, depois da rodovia pronta, a viagem dura apenas uma hora.

PA 287

 

O governo do Estado fez o dever de casa.

O governo federal, não.

A BR-155, antes Pa-150, de Eldorado a Redenção, continua  do mesmo jeito: sem condições de trafegabilidade segura.