Marabá: Convenções partidárias

Publicado em 29 de junho de 2008

1- Por volta das 10 horas, a sala da casa da ex-deputada Elza Miranda (PSDB) foi quase transformada em ringue de pugilato, depois que o vereador Maurino Magalhães (PR) pediu licença paea reproduzir mensagem do ex-governador Simão, anunciando decisão dos tucanos de apoio à sua candidatura, independente da vontade da executiva municipal, comandada no município pelo empresário Demétrius Ribeiro, defensor de candidatura própria.

Na sala, encontravam-se a anfitriã, tentando formar uma chapa constituída por Asdrúbal Bentes (PMDB) e Maurino Magalhães; o próprio deputado federal, a deputada estadual tucana Suleima Pegado, Demétris Rubeiro e outros menos graduados.

Após a manifestação de Maurino, o industrial Demétrius Ribeiro, presidente municipal do PSDB, perdeu as estribeiras, levantando-se de sua cadeira com dedo em riste à cara de Maurino:

– Com qual autoridade tu tentas influenciar as decisões internas de meu partido? Você tenta me desmoralizar a um bom tempo barrando minhas pretensões eleitorais. Pois saiba que meu partido tem candidatura própria a prefeito e até candidato a vice, do PSC. O meu partido tem candidatura própria, própria, saiba disso….

Aos gritos, Demétrius perdeu a paciência, partindo para cima de Maurino que apenas ouvia a reação do empresário, nesse momento contido pelo participantes.

A convenção do PSDB ocorrerá amanhã. Se não houver intervenção estadual, o partido lançará candidatura própria.

2-
No ultimo momento, o médico Jorge Bichara cedeu as negociações, incluindo o PV na coligação da candidatura do jornalista João Salame. Finalmente, pela primeira vez, o Partido Verde foi valorizado em Marabá, depois da resistência corajosa do ambientalista presidente da Unimed Sul do Pará. Durante quase um mês, ele defendeu uma postura de independência da legenda com firme propósito de mostrar que o PV existe e deve ser respeitado.

Conseguiu.

3- Trocando em miúdos, Marabá terá quatro candidatos a prefeito:

* Bernadete ten Caten (PT)/ Sebastião Ferreirinha (PSB), vice:

* João Salame (PPS)/ Pedro Correa (PTB), vice;

* Maurino Magalhães (PR), sem vice ainda definido;

* Asdrúbal Bentes (PMDB), até agora também sem vice definido.

Domingo eleitoral

Publicado em 29 de junho de 2008

Excepcionalmente, hoje, o poster se dedicará à cobertura das convenções partidárias que se realizarão durante o dia.

Atualizações, a partir das 15 horas.

Nos finalmentes

Publicado em 28 de junho de 2008

Com duas chapas praticamente oficializadas -João Salame (PPS) e Pedro Correa (PTB) de vice; Bernadete ten Caten (PT) e Sebastião Ferreirinha (PSB) de vice -, falta muito pouco para se conhecer os protagonistas da eleição municipal de Marabá.

O PSDB fechou com a candidatura de Maurino Magalhães, que deverá oferecer a senhora Laila Ribeiro como candidata a vice na chapa do vereador do PR.

Definindo quem será o vice de Asdruba Bentes (PMDB), teremos uma guerra pela busca de votos jamais vista nas últimas décadas.

Bernadete na frente

Publicado em 28 de junho de 2008

A deputada Bernadete Caten (PT) saiu na frente.

Além do Partido dos Trabalhadores, outros seis legendas fecharam acordo de coligação em torno da candidatura dela a prefeito de Marabá. Agora a pouco, em votação secreta, o diretório do PDT aprovou apoio por 15 votos a Bernadete, contra 13 votos dados a Maurino Magalhães (PR).

Os outros partidos são: PSB, do vereador Sebastião Ferreira; PCdoB, PMN, PRB e, provavelmente PHS, cujas negociações estão bastante adiantadas.

O médico Jorge Bichara, presidente do PV, encontra-se neste momento conversando com a cúpula do PT.

PTB quase lá

Publicado em 28 de junho de 2008

Não existe a menor possibilidade da senhora Naila Ribeiro (PSDB) ser escolhida candidata a vice-prefeita na chapa de João Salame (PPS). O nome deverá sair doPTB, partido do prefeito Sebastião Miranda.

Os desdobramentos da política levam a isso.