Hiroshi Bogéa On line

Vice-prefeito de Redenção detona Wagner Fontes

 

 

Em entrevista a um jornal de Redenção, o vice-prefeito daquele município, Gervásio Camilo, sinaliza claramente que decidiu peitar o titular do cargo, Wagner Fontes, fazendo denúncias e pedindo a presença da Polícia Federal e Ministérios Públicos no interior da prefeitura, para fiscalizarem oq eu ele considera “fortes suspeitas de má aplicação de recursos públicos.”

Na entrevista ao jornal “O Trabuco, o advogado e vice-prefeito relaciona convênios e aplicações de recursos suspeitas.

O blog reproduz, hoje e amanhã, trechos da entrevista de Gervásio Camilo.

 

Compromissos de campanha:

Cujas casas estão prontas há mais de 90 dias, mas a Prefeitura ainda não as entregou à população carente. Naturalmente, o Prefeito está aguardando a proximidade do período eleitoral para barganhar politicamente a entrega das mesmas.

Os demais compromissos (assumidos durante a campanha de 2008), considerando aproximar-se o período chuvoso, certamente não serão cumpridos. O que pode acontecer a partir de agora é a prática da política rasteira, sem responsabilidade, visando apenas à reeleição. Devido seu alto índice de rejeição, para tentar a reeleição, o mesmo deverá utilizar toda a máquina administrativa para tirar proveito político das pessoas mais necessitadas, pois são as que mais sofrem com a ausência do Poder Público Municipal. Redenção precisa de Prefeito que trabalhe e defende seu povo durante quatro anos, e não só no fim do mandato para se reeleger.

As divergências entre o vice-prefeito e o titular:

Não há pendência específica. Existe total diferença na maneira de pensar e administrar a coisa pública, que não pertence nem a ele ou a mim. Pertence ao povo. Por isto, tem que haver honestidade, competência, transparência e zelo na aplicação do dinheiro do cidadão. É o que penso. É o que faço e faria. O que, infelizmente, não é o que pensa e nem faz o Prefeito de Redenção.

 

Obras não realizadas até agora:

Todos sabem que o aeroporto de Redenção precisa de melhorias, iluminação, ampliação da pista etc., pois bem, alguns empresários locais colocaram-se à disposição para ajudar o projeto sair do papel e fizeram uma proposta irrecusável para a Prefeitura e dividiriam as despesas. Porém, para a infelicidade da população de Redenção, os empresários continuaram com a palavra dada, mas o Prefeito Wagner Fontes não disponibilizou a contrapartida do município. Com isto, perdemos a parceria. Resultado: Redenção continua ilhada no sul do Pará por conta da inoperância administrativa do prefeito da cidade. A empresa Sete Linhas Aéreas já havia, inclusive, definido aeronaves e rotas que passariam por Redenção. Por falta de voos comerciais diários, principalmente para Brasília e Goiânia, a Buritis Empreendimentos, empresa de grande porte, está transferindo para Palmas o seu escritório central. Outro exemplo: A presença do Frigorífico na Cidade e os benefícios que ele gera: 600 empregos diretos e 1800 empregos indiretos, além de fazer a economia girar dentro de Redenção. Pois bem, devido uma amizade de mais de 38 anos com o Presidente da JBS (Frigorífico) consegui outra parceria para que a avenida Rosa Lima de Almeida, que dá acesso ao Frigorífico fosse revitalizada. Os empresários do frigorífico iriam patrocinar parte significativa da recuperação da avenida, da Araguaia ao setor Central Parque, saída para Nova Esperança. Porém, mais uma vez, devido à total indiferença do prefeito Wagner Fontes com questões fundamentais, a parceria com o setor privado foi novamente perdida e a população deixou de se beneficiar com a pavimentação de uma importante avenida. O que é pior, o frigorífico está temporariamente fechado e há boatos de que esse fechamento seja definitivo, o que acarretará inúmeros desempregos na Cidade. Motivo principal: a falta de acesso ao seu parque industrial. Sinceramente, não dá para entender como um gestor que reclama que não tem recursos para aplicar devido a uma série de dívidas pode abrir mão de parcerias que só trazem benefícios ao povo e reduzem significativamente os custos suportados pelos cofres públicos.

Licitações na prefeitura:

 

O processo licitatório em Redenção é verdadeiro caso de polícia. O que está acontecendo em Redenção é pior do que se imagina. Para fazer-se uma licitação, p o r f o r ç a d a Constituição Federal e da Lei 8.666/2003, exige os seguintes requisitos, sob pena de nulidade do ato: moralidade; publicidade; habilitação jurídica; qualificação técnica; qualificação econômico-financeira e regularidade fiscal. Macular uma licitação é a coisa mais grave da administração pública. É através dela que se aplica bem ou mal o dinheiro público. Em Redenção, hoje, estes requisitos básicos são desprezados.

As empresas contratadas para construir, reformar ou ampliar obras em Redenção na gestão do Prefeito atual, não dispõem de capital social compatível, não tem quadro de pessoal suficiente registrado, não tem qualidade técnica e não tem regularidade fiscal, o que é um absurdo. Tudo isto à luz de todos.

(Na prefeitura de Redenção ) A moralidade pública é questionável; publicidade só há da pessoa física do Prefeito, através da sua Televisão e Rádio, paga com dinheiro do povo, pois diuturnamente são veiculadas verdadeiras propagandas eleitorais do prefeito Wagner Fontes em detrimento da publicidade institucional da  prefeitura de Redenção. O Prefeito precisa entender que quem faz as obras e presta os serviços à sociedade é o município e não o prefeito, esse é o objetivo básico do princípio da impessoalidade, tão elementar na administração
pública. Pelo contrário, o que se vê é uma propaganda eleitoral antecipada por parte do prefeito e paga com o dinheiro público, com um agravante, a propaganda televisiva da prefeitura de Redenção é quase que exclusivamente veiculada na emissora do próprio prefeito, TV Record de Redenção, isso significa que mais um princípio básico da administração pública está sendo desrespeitado, o princípio da moralidade. A habilitação jurídica é montada.

Faz-se licitação em 2011 para cobrir despesas de 2009; a qualificação técnica é vergonhosa, para não dizer imoral. Vejam a qualidade das obras: a cobertura da arquibancada do estádio Serrinha veio ao chão antes mesmo da reinauguração. Por último, parte da Escola Carlos Ribeiro (escola dita como modelo) anexa ao Estádio Serrinha desabou colocando em risco seus alunos, mostrando ausência de qualificação técnica da empresa responsável pela obra; a bagunça que fizeram na obra de macro-drenagem do córrego que corta a Av. Oscar Thompson; sem falar no asfalto mingau aplicado por aí, principalmente o da Rua Araguaia entre as Avenidas Brasil e Av. Araguaia, no Setor Alto Paraná. Derreteu na primeira chuva, causando transtornos com seus atoleiros A macro drenagem é outra obra que pela falta de honestidade do prefeito Wagner Fontes não saiu, e Redenção mais uma vez perdeu, foi R$ 3.800.000,00 que o prefeito JPC deixou na conta e a que Wagner  Fontes perde.

Analisando os extratos dos Contratos licitados você verá que 90% das Empresas vencedoras não dispõem de qualidade técnica nem suporte financeiro. Trata-se de Micro Empresas, beneficiadas pela legislação federal a uma tributação com alíquotas menores. Esta modalidade de empresa não pode atingir um faturamento fiscal anual s u p e r i o r a R $ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais), entretanto, esta vedação é totalmente desrespeitada pela atual a d m i n i s t r a ç ã o d e Redenção. Veja só dois exemplos em apenas dois Contratos: A empresa SANTOS SOARES COMÉRCIO D E P R O D U T O S FARMACÊUTICOS LTDA – ME, com C N P J : 04.860.742/0001-48, através do Processo Licitatório n . 002/20011, modalidade pregão presencial n. 001/2011 foi contratada a fornecer Medicamentos hospitalar no valor de R$ 4.718.205,00 (quatro milhões, setecentos e dezoito mil e duzentos e cinco reais) e a empresa VITÓRIA INFORMÁTICA LTDA-ME, com CNPJ n. 07.517.629/0001-52, foi contratada para no exercício 2009/2010/2011 para fornecer materiais de informática e expediente pelo valor de 2.438.000,00 (Dois milhões, quatrocentos e trinta e oito mil reais).

 

(Continua na edição de sexta-feira, 7)

Post de 

14 Comentários

  1. aldo

    14 de outubro de 2012 - 19:00 - 19:00
    Reply

    Eu fui enganado por duas vezes… primeiro por JPC e a segunda WF, não me assusta saber disto tudo, pois todos dois prefeitos realmente acabou com redenção bando fdp… vieram com intenção de acabar com os cofres da pref, de Redenção para beneficio próprio sem duvida. Mas com tudo isso gostei de saber que Redenção tomou vergonha na cara deu o que esses ladrões precisava um NÃO PRA REELEIÇÃO DE WF A PREFEITURA DE REDENÇÃO, Espéro que com o novo prefeito as coisas realmente mude, e renasça uma esperança de dias melhores na administração municipal, vida nova pra Redenção e seu povo… até que enfim! não moro mais em redenção, mas gostaria de voltar novamente, pois o JPC levou um chute na bunda com esse resultado nas urnas., kkkkkk quem não valoriza a sua equipe, não valoriza a oportunidade que teve para administrar não merece segunda chance, apesar que o povo urinou no jpc desta vez, kkkk sai pra lá mijão kkkkkkkk, sua fama não é das melhores, mas é muito bom saber que o povo não vota mais em vc vagabundo, mijão… muito menos eu!!!

  2. cleber

    26 de setembro de 2012 - 15:49 - 15:49
    Reply

    tudo isso e verdade

  3. Erculano soares

    11 de junho de 2012 - 21:09 - 21:09
    Reply

    Ha quem diz que o povo politicamente não está mais tão besta, aqui em Redenção vamos saber na próxima eleição. A prova é a seguinte: não serem reeleitos Wagner Fontes, Alixanre Júnior, João Lúcio e mais três vereadorzinhos subornáveis e bajuladores de W F.

  4. vanildo santo

    19 de abril de 2012 - 17:52 - 17:52
    Reply

    tantas metiras so gueria gue waguer fonte deszapareseçe de redençao e munca mais voltase ja estanos cançados contantas mentiras e leva contigo esse veriado alexandri junio saio dai candada so asin eu vouto para redençao

  5. Hugo Oliveira

    10 de março de 2012 - 18:52 - 18:52
    Reply

    Lamentável mesmo é saber que o prefeito Wagner Fontes trouxe para Redenção um “amigo” (Mário Moreira) e o colocou na política com todo incentivo do poder público.
    Não tenho nada contra Wagner Fontes, porém o que esse “amiguinho” fez com a cidade durante os dois mandatos como prefeito é vergonhoso. Exemplo disso é um mandar cavar um buraco na avenida Araguaia na porta de uma loja de informática com a descarada intenção de acumular barro e os carros jogarem sujeira na porta da loja, simplesmente pela comerciante estar apoiando o seu adversário na campanha ao segundo mandato. Tem base?

    Outra decepção do Wagner Fontes é colocar um homem totalmente sem escrúpulos com esse Elcir Lustosa em cargo de confiança que eu acabei e ficar sabendo.

    Deve ter muitas outras que não estou sabendo pois isso não me faz bem. Peço a Deus or etsa cidade.

  6. fatima maria da silva

    27 de janeiro de 2012 - 15:14 - 15:14
    Reply

    devemos mudar o quadro , politico de Redençao. Homens ou mulheres de coragem tem que se dispor, se levantarem pro bem desta cidade. E acabar de uma vez por todas, com esse trio. `È uma palhaçada, uma vergonha.Eleitores de Redençao vamos da um BASTA , chega ……estamos cansados de JPC, MARIO e WAGNER.

  7. Almeida

    26 de janeiro de 2012 - 22:48 - 22:48
    Reply

    wagne eu ja sabia que vc não presta pois a sua cara não nega vc mente demais enrola todo mundo,para favorecer so a panelinha que vem de Belem depois deixa redenção em falencia como jpc deixou almenos muita obra concluida o jpc deixou, esse cara estar deixando as obras pela metade e salario alto so os secretarios dele.os outros continua com o pior salario do Brasil.

  8. Francisca

    26 de janeiro de 2012 - 22:39 - 22:39
    Reply

    Até que em fim alquem estar tentando abrir o olho da população de Redenção acidade que não progride ,não cresse ,não se desenvolver ,pois tem um bando de pessoas que so querem favorecer a sir proprio ,no entanto e só o começo pois tem muito mas,prepare as algemas pois tem muito bando nessa prefeitura da cidade modelo da amazõnia , a onde a moda e robar a vontade

  9. Hiroshi Bogéa

    24 de outubro de 2011 - 06:32 - 6:32
    Reply

    Tom Alves, refaça seu comentário usando letras minúsculas. Obg.

  10. Wagner Fontes

    10 de outubro de 2011 - 13:31 - 13:31
    Reply

    Ele foi o primeiro. Depois trouxe Mário, que se meteu a criar uma faculdade rural em Redenção e deu no que deu. Está na Adepará, dizem que vacinando nelores. E ainda atraiu o Luciano Guedes, conhecido como o maior golpe do baú numa cidade mineira e arrumaram pra ele uma prefeiturinha, duas ruas de colonos,um posto de gasolina pra servir uma madeireira. Criaram um município com pouco mais de quatro mil habitantes. Luciano ainda trouxe Lucas, um aspona descarado com salário de 6 mil reais para cuidar de comunicação no Pró Carajás. Hiroshi, estamos ferrados com esses rapazes alegres e bem falantes.

  11. Karla Maues

    7 de outubro de 2011 - 17:24 - 17:24
    Reply

    Quero parabenizar o corajoso denunciante, que resolveu enfrentar a fera. Além da coragem, é preciso amealhar provas irrefutáveis de tudo o que se denuncia. Não é fácil!
    Além disso, lembrar sempre que estamos no Brasil e esses crimes costumam dar em nada, apesar de todo cuidado investigativo e processual. e o desgate fisico e emocional.
    São essas as lideranças politicas que sonham com a criação de mais Estados! Imaginem mais bolsinhos para encher, quando se depararem com o aporte de riquesas que teremos daqui ha alguns meses quando os grandes projetos começarem a se implantados? Não,! Não Não! o povo precisa pensar seriamente sobre isso. E gravar todos esses nomezinhos abençoados e nunca mais votar em nenhum deles. E nada de ficar alegando que “rouba mas faz”! Temos que parar com isso.
    Todos os dias, um dos nossos municipios é vitima de desvios de verbas.
    Estes valores desviados, com toda certeza farão falta na oferta de uma educação de qualidade, no pagamento de salarios dignos dos professores, nos postos de saúde e valorização de seus funcionarios, na infraestrtura com serviço de saneamento básico, drenagem e pavimentação de nossas ruas.
    Com estas corajosas denuncias, constatamos que dinheiro tem , claro que tem, só está sendo mal administrado.
    Está nas nossas mãos as soluções de nossos problemas. Mas temos que aprender a votar. Não tem saída!

  12. Motta Jr

    7 de outubro de 2011 - 14:42 - 14:42
    Reply

    Wagner Fontes é famoso. É capaz de pedir perdão aos seus desafetos e chorar na frente de qulquer um para detonar com seus adversários políticos se fazendod e vítima. Estratégia anteiga que não faz mais efeito. Aprenda que humildade é fundamental rapaz, aguarde que o povo vai lhe mostrar a porta de traz da prefeitura para que você suma dessa cidade e a deixe crescer.

  13. Marcelo

    7 de outubro de 2011 - 09:34 - 9:34
    Reply

    Esse WAGNER FONTES é uma figura das mais perigosas. Tenta fazer lavangem cerebral com o PDV (Projeto Do Vagner) pra dominar a mente dos pobres. Depois faz deles seu seguidor. Mas sua máscara está caindo. Tem muito vídeo dele no youtube fazendo autopropaganda querendo se reeleger.

  14. Pedro

    7 de outubro de 2011 - 09:32 - 9:32
    Reply

    PArabéns pela matéria. Já morei dois anos em Redenção e vi barbaridades desse prefeito Wagner Fontes. Dizem que em Redenção até as nuvens da chuva são desviadas, por isso não está chovendo por lá.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *