Hiroshi Bogéa On line

"Taradão" denunciado por grilagem

Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, agora é processado perante aJustiça Federal em Altamira. Ele chegou a ficar 53 dias preso pelanova tentativa de se apossar das terras públicas onde a freira morreu.

O fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, conhecido como Taradão, foidenunciado criminalmente pelo Ministério Público Federal por grilagem etentativa de estelionato. Ele vai responder ao processo perante aJustiça Federal em Altamira e pode ser condenado a penas que variamentre seis meses e 15 anos de prisão.

Por essa mesma acusação, o fazendeiro chegou a ficar presopreventivamente por 53 dias, mas obteve um habeas corpus e foi solto pordecisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região no último dia 18 defevereiro.

As terras que Taradão tentou grilar são do lote 55, uma área de 3 milhectares em Anapu, da qual ele já tentou se apossar no final dos anos 90e pela qual um grave conflito fundiário se instalou, culminando com amorte de Dorothy Stang, em fevereiro de 2005. O fazendeiro é acusado deser o principal mandante do assassinato da missionária, mas até hoje nãofoi julgado.

Reiteradamente o réu vem com seu poder econômico, utilizando-se daviolência, ameaça, constrangimento e fraude para cometimento decrimes relativos a apropriação da área da terra pública consistente nolote 55 da Gleba Bacajá, na região da Transamazônica, diz o procuradorRodrigo Timóteo Costa e Silva na denúncia.

Fonte: Assessoria de Comunicação MPF

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    11 de março de 2009 - 00:03 - 0:03
    Reply

    Ai, eu me pergunto, o que é mais infame: as invasões de terras pelos sem terra.(Terras essas supostamente públicas e griladas por grandes latifundiários chamados de “empresários do agronegócio” pela mídia nacional)ou a Liberdade de um assassino que continua aterrorizando a sociedade e fazendo chacota com a sociedade brasileira.
    Então Senadora Katia, porque vc também não pede uma intervenção Federal na Justiça Estadual?.Por deixar esse assassino a solta,porque vc não faz o que deve ser feito? legislar para que assassinos nao fiquem impunes.
    E cadê os nossos Senadores,OS TRÊS PATETAS,porque não usam a tribuna para falar sobre este assunto?, porque não apresentam projetos de lei que possam mudar esta realidade? Deixem de ser Senadores Estaduais, pois nunca vi um discusso dos 3…em prol de nada relevante. Eu tenho vergonha do Pará ter Senadores que nunca tiveram um voto, que não tem representatividade e nem moral para falar de ninguém….e o pior, deixar que uma Senadorazinha venha no Estado deles achincalhar a Sociedade Paraense, como se aqui nós não tivessemos representação Politica e pedir intervenção Federal. E o pior, os 3 PATETAS ficam calados como se eles não representassem este Estado.
    Acordem, Deputados também, saiam em defesa, do Governo e do Estado do Pará, mostrem para esta Senadorazinha que, quem manda aqui são os paraenses.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *