Hiroshi Bogéa On line

Que nem caviar

Quem tem menos dinheiro no bolso, bebe tão-somente água ou come apenas arroz com feijão -, na Semana Santa.

O preço do pescado, em Marabá, entrou a semana batendo recorde inflacionário. O quilo supera a marca de 53 % a mais do preço normal.

Os atravessadores sempre levam a melhor com a desculpa da lei da oferta e da procura.

Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    21 de março de 2008 - 17:27 - 17:27
    Reply

    Alcinéa, muito obrigado querida.
    Pra ti também, toda a Paz. E muitas energias para continuar tocando esse belo – e corajoso -, trabalho que realizas colocando pro limpo os elefante entocados embaixo de tapetes rotos dessa bela Macapá.
    Abs

  2. Alcinéa Cavalcante

    21 de março de 2008 - 05:50 - 5:50
    Reply

    Vim te desejar uma Feliz Páscoa, doce como os ovos de chocolate, bela como um tucunaré de forno no molho de camarão numa travessa forrada de jambu.

Leave a Reply to Alcinéa Cavalcante

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *