Hiroshi Bogéa On line

Na cola do Tiririca

Cada reação do promotor paulista diante do caso evidencia suspeitas de que ele tem como “missão” cassar,  definitivamente, a carreira política do palhaço Tiririca – que nem bem ainda começou -, delegada por mais de um milhão de eleitores. Precisamente, 1,3 milhão.

Do alto de sua boçalidade,  Maurício Lopes, o promotor, não se conforma agora com outra decisão da Justiça Eleitoral.

Vai recorrer da absolvição.

Post de 

1 Comentário

  1. Quaradouro

    3 de dezembro de 2010 - 12:05 - 12:05
    Reply

    Desde o começo, meu caro, senti o odor safado do preconceito contra o Tira. Analfabeto funcional, debochado, não é paulista, possui um estilo vaca: cagando e andando.
    A obsessão do safardana promotor beira a histeria.
    Um banho de taca nele, se não lhe melhorar o perfil, pelo menos vai agradar os quase milhão e meio de eleitores do palhaço brega.
    Aceito sugestões…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *