Hiroshi Bogéa On line

Mãe-Joana enraivecida

Não tem jeito. A Democracia Socialista de Marabá é um barraco só.

Dizendo-se preocupada com a reeleição de Ana Júlia, é essa tendência quem se reúne para discutir “táticas eleitorais” -, e baixa o pau. Nos próprios colegas da corrente.

Cada um quer ter o ser naco pessoal, seu terreno delimitado, sua reserva de mercado, como se a DS fosse, una,  o próprio Governo do Estado.

O fato a seguir é contado por comentarista conhecedor da arruaça ocorrida semana passada, durante encontro da tendência.

 

No encontro da DS de Marabá realizado final de semana passada o pau quebrou. Metade da Plenária não queria o Ferreirinha como delegado para o encontro estadual, que vai definir quem são os candidatos a deputado. A turma do Ronaldo Giusti e da Eva Abreu comandou o repúdio ao ex-vereador. Dos quatro delegados três eram consenso. O ferreirinha não. Na primeira votação foi anunciada a derrota dele por dois votos. Pediram recontagem. Eva e Ronaldo, aos gritos, diziam que era golpe e se retiraram do Plenário. Essa é a DS, minúscula, que ainda põe dificuldades para a entrada de uma liderança que tem votos, como o Ferreirinha, e condições de dar musculatura para a tendência enfrentar a sempre fraticida luta interna do partido. Entrou numa fria o Ferreirinha. E não foi por falta de aviso dos amigos.

Post de 

14 Comentários

  1. Anonymous

    1 de junho de 2009 - 01:54 - 1:54
    Reply

    Por falta de opção não vai ser o PTB- Partido do Tião Boçal- já havia sinalizado que o Ferreirinha poderia voltar na hora que quizesse. Só não sabemos é se ele vai querer.

  2. Anonymous

    31 de maio de 2009 - 17:14 - 17:14
    Reply

    Só me resta dizer. Ferreirinha volta correndo pro PSB que aqui você é querido e valorizado. Te aceitamos de braços abertos. O Filho pródigo à casa torna.

  3. Anonymous

    31 de maio de 2009 - 16:04 - 16:04
    Reply

    A situação do nucleo duro do governo estadual dentro da DS não esta nada confortavel. Inclusive para governadora Ana Júlia.

    A militancia não esta aceitando mais as imposições do nucleo que detem o comando da maquina estadual. A começar pela possivel candidatura a deputado federal de Claudio Puty(casa civil). A leitura da militancia é que não seria justo alijar as candidaturas de militantes historicos da DS e do PT em detrimento de candidaturas como de Claudio Puty.

    Para ter ideia da situação basta analisar os resultados das conferencias da DS realizadas nos distritos de Belém por toda essa semana que passou.Nessas conferencias foram escolhidos os delegados que terão voto na conferencia estadual da DS para decidir as candidaturas da tendencia a deputado estadual e federal.

    O nucleo do governo so conseguiu eleger delegados compondo chapa.

    Os nomes pautados pela militancia para contrapor as vontades pessoais do palacio dos despachos seriam Edilson Moura,Edilza Fontes,Charles Alcântara para deputados estaduais e Suely Oliveira deputada federal.

  4. Anonymous

    29 de maio de 2009 - 22:20 - 22:20
    Reply

    O anônimo das 2:56 PM, Maio 28, 2009 está confundindo as coisas. Como é que o senhor Demerval, sendo apenas um Diretor Técnico, poderia contratar seus filhos, cujo ato é do Diretor Geral da 11a. RPS era do PMDB, como ainda hoje é?
    Nesse cargo Demerval não é ordenador de despesas, ou seja, não compra, não contrata é, na verdade, um Zé Bundão…

  5. Anonymous

    29 de maio de 2009 - 08:59 - 8:59
    Reply

    Trabalhador querendo um pedaço de terra pra trabalhar? ah.ah.ah. essa turma aí do mst? – tá de sarro comigo, 7:19?

  6. Anonymous

    28 de maio de 2009 - 22:19 - 22:19
    Reply

    Sei de uma coisa ai não tem santo não,, nem o Senhor Ferreirinha . aproposito vejo o atropelo sim em varios locais, e mais, deixa o tal do Jatene voltar, que ai vamos ver sangue por todo os lados neste pará, se não fosse a Companehira Ana Julia com sua sabedoria, moderar nas reintegrações de posse, ja teria acontecido um guerra civil, de um lado os trabalhadores rurais, querendo trabalhar em um pedaço de terra, de outro os grileiros, com posse de terras de titulos falsos,, graças a Ana que ainda mesmo não do gosto de todos ainda a uma certa paz no Pará, cesando as mortes no campo um pouco..

  7. Anonymous

    28 de maio de 2009 - 21:26 - 21:26
    Reply

    Gente, o próprio Ferreirinha disse que errou ao articular sua filiação por cima, sem dialogar com a base.
    Mesmo assim sua filiação foi tranquila, a DS, o PT pra Valer e a AS não se opuseram, tanto à dele quanto às mais de 70 filiações que ele fez.
    Disputas internas que geram debates muitas vezes ríspidos são normais na história do PT, porque é um Partido que não admite caciques nem decisões autoritárias.
    Militantes do PT não são vaquinhas de presépio, mesmo sendo hoje Governo.

  8. Anonymous

    28 de maio de 2009 - 17:56 - 17:56
    Reply

    Preocupante! é como defino essa possivel ida do Sr. Demerval Bento para a Direção da 11ª Regional, uma vez que o cara é sindicalista de carreira, porém ao assumir a Divisão Técnica daquele órgão mudou completamente o discurso. Perseguiu e persegue servidores, contratou os dois filhos para trabalhar com pagamentos de salários fora da realidade e no mais, ainda levou para dentro da Secretaria seus correligionários remanescentes do Conselho municipal de Saúde , os quais juntamente com ele formaram uma quadrilha que reinou durante um bom tempo naquele órgão, essa administração realmente quero assistir de “camarote”

  9. Anonymous

    28 de maio de 2009 - 11:59 - 11:59
    Reply

    Ora, quem mandou o Ferrerinha, se juntar a essa cambada? Bem feito!

  10. Anonymous

    28 de maio de 2009 - 08:52 - 8:52
    Reply

    Tenho Ferreirinha na conta de um bom político, coisa rara por aqui. Como amigo, fui consultado por ele diversas vêzes, quando da sua saída do PSB para o PT. Em todas elas alertei para o risco que estava correndo. Empolgado com as promessas diretas da Governadora e do Puty, Ferreirinha achou que a turma que manda no partido em Marabá, não o prejudicariam. E assinou. E foi nomeado Coordenador Regional com pompas. Há poucos dias recebí nova visita do amigo. Depois de ouví-lo, posso garantir a todos: Ferreirinha se ferrou bonito. E está convencido disso. O alertei que mudasse de partido em quanto é tempo ( ele pode por não ter mandato). Tem até setembro pra isso. Os afazeres com o Águia estão fazendo-o deixar de lado esse assunto. Em minha modesta opinião o radicalismo venceu e o Pt vai continuar pequeno em Marabá.

  11. Anonymous

    27 de maio de 2009 - 23:49 - 23:49
    Reply

    Realmente o Ferreirinha se ferrou com essa turma e não foi por falta de aviso. O que essa turma anda fazendo ultimamente é só brigando pra marcar terreno e mais nada.
    Sorte dele se conseguir se candidatar a vereador daqui a 4 anos.
    E quem vai perdendo nessa disputa é a Ana Júlia que bate recorde impopularidade e sua reeleição vai sumindo de Ds a dentro.
    Sinto muito Ana Júlia eu faço torcida por você mas vai ser dificil vencer essa desse jeito.

  12. Hiroshi Bogéa

    27 de maio de 2009 - 17:30 - 17:30
    Reply

    Repetindo o texto acima, com correção:

    1:49 PM, por acaso já enviastes algum comentário recusado?

    Se ocorreu, tinha baixaria ou acusação sem provas. Eu já conheço a denúncia, ocorreu realmente na gestão do diretor anterior. Não sei como se encontra, na secretaria de Saúde.

  13. Hiroshi Bogéa

    27 de maio de 2009 - 17:02 - 17:02
    Reply

    1:49 PM, por acaso já enviastes algum comentário recusado. Se ocorreu, tinha baixaria ou acusação sem provas. Eu já conheço a denúncia, ocorreu realmente na gestão do diretor anterior. Não sei como se encontra, na secretaria de Saúde.

  14. Anonymous

    27 de maio de 2009 - 16:49 - 16:49
    Reply

    Hiroshy, tu pode até não publicar meu comentário, mas saiba que o enviarei a todos os blogues do Pará, termina saindo em algum. O problema que contarei merece a atenção de todos vocês da blogosfera porque é sério e envolve a saúde pública.

    Ontem à tarde, tão logo começou a sair na imprensa que a Dra. Silvia Cumaru havia sido nomeada secretária estadual de Saúde, começamos a receber telefonemas de pessoas de Marabá dizendo que o Sr. Demerval Bento da Silva, da Divisão Técnica da 11ª Regional de Proteção Social, com sede nesse município, já estava se movimentando com seus padrinhos políticos para tentar ser nomeado diretor da 11ª RPS.

    No inicio desta manhã, aqui na secretaria, em Belém, ouvimos rumores de que o Sr. Demerval já está mesmo se movimentando para assumir esse cargo.

    Só que ele está sob investigação aqui na secretaria de Saúde, desde quando o último diretor da 11ª Regional, o médico Luiz Sérgio, encaminhou documentos indicando que Demerval prescrevia receitas médicas em papel memorando da própria 11ª RPS, com carimbo e tudo de Diretor Técnico. O crime por exercício de profissão de medicina ilegal ficou configurado em algumas receitas “prescritas”por esse rapaz.

    A documentação, pedindo instauração de processo administrativo, encontra-se na secretaria de Saúde, aqui em Belém, só que ninguém sabe se engavetado ou em tramitação. A denúncia, á época, foi encaminhada também ao Conselho Regional de Medicina.

    A nossa preocupação aqui na secretaria é de que o governo, por pressões políticas, coloque o Sr. Demerval na direção geral da 11ª Regional. Não temos nada contra ele, até porque nem o conhecemos, apenas de vista, nas oportunidades em que esteve aqui tratando de assuntos da regional. A estima dos servidores da Saúde está em baixa diante de tantos contra tempos na gestão da secretaria. Queremos evitar é um novo escândalo, envolvendo mais denúncias, que somente traraá desgastes ao governo e a área de saúde.

    Não posso me identificar, por motivos mais do que justificados, mas se quiserem saber se tudo o que digo é verdade ou não, procurem o ex-diretor da 11ª Regional de Marabá, que assinou a denuncia e aqui mesmo na secretaria, onde se encontra a documentação contra o Sr. Demerval.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *