Jader Barbalho não assumirá o Senado.

Publicado em 27 de outubro de 2010

O STF acaba de indeferir o registro de candidatura ao Senado de Jader Barbalho, baseado na  Lei da Ficha Limpa.

Por maioria,  a corte defendeu o princípio da constitucionalidade, validando decisão do TSE que barrou Jader.

Celso de Mello, Joaquim Barbosa, Cármen Lúcia, Lewandowski, Ayres Britto e Ellen Gracie votaram pela validade da Lei da Ficha Limpa para este ano.

Nova eleição para o Senado deverá ocorrer no Pará.

Até a proclamação do resultado, no entanto, é possível a alteração do voto.

——————

Atualização às 20:04

O presidente do STF  Cezar Peluso declarou agora seu voto favorável a aplicação da Ficha Limpa para 2010.

Contagem final dos votos:  7 X 3.