Hiroshi Bogéa On line

Inoperância dos serviços TIM causa indignação

 

 

A Tim, paulatinamente, vai se transformando numa das piores operadoras do país.

A cada dia, novas broncas, reclamações, insatisfação geral de seus usuários.

Nas últimas 72 horas, cresce na caixa de  entrada do emeio do blog  informações de clientes revoltados com a operadora.

A maioria aponta problemas de “inoperância” de serviços no call center da companhia, principalmente de usuários tentando renovar contratos de promoções e planos.

Mary Mariana de Lima Braga, por exemplo, explica que ficou cinco dias tentando renovar o  chamado Infinity Mais, sem sucesso, obtendo como resposta das atendentes informação de que “o sistema está inoperante”.

Cinco dias depois, ao conseguir renovar o contrato, utilizando o atendimento digital, explica Mary que notou o consumo dos créditos de seu pré-celular  “acabando muito rápido, me levando a desconfiar de que o plano Infinitiy Mais, que promete tarifa especial de 0,25 por ligação de Tim pra Tim, e até usando o 041, não está valendo, mesmo com minha renovação do contrato. Tento, desde terça-feira, saber o se passa,  mas as operadoras da Tim dizem que o ´sistema está inoperante´, pedindo pra gente ligar daqui a dois dias”.

O blog tentou falar com a representação da Tim, no Pará, em vão. Nenhum pessoa contactada se dispôs a esclarecer o que está ocorrendo.

Post de 

2 Comentários

  1. Antonio

    9 de fevereiro de 2013 - 23:31 - 23:31
    Reply

    Os interessados em entrar com uma ação judicial contra a TIM, é só procurar o advogado Dr. CARLOS ALBERTO CAETANO, você recebera uma indenização de R$ 24.880,00 por perdas e danos morais.

  2. anonimo

    7 de fevereiro de 2013 - 23:50 - 23:50
    Reply

    Colega meu da área de TI me confidenciou que o pior ainda estar por vim vai acontecer um bug geral logo logo de tão absoleto que tá o sistema ,
    a anatel concluiu hoje que as quedas nas ligaçãoes não eram intencional , eram bug mesmo do sistema .

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *