Guarda Municipal realiza ação preventiva contra violência em Morada Nova.

 

 

Semana passada, a Guarda Municipal realizou operação no bairro Morada Nova, atendendo pedido da população.

A ação, aos olhos de um leitor do blog, lhe teria desagrado, embora os moradores daquele bairro estejam apelando para a prefeitura enviar, novamente, a guarnição para novas “batidas” – diante da ausência da PM.

Depois da ação da GM, o blog recebeu emeio de  Renaildo Ultima José Barbara,  apontando supostas irregularidades na ação da Guarda Municipal, com apoio de agentes do DMTU, realizada na BR-155,  em Morada Nova.

O que diz o rapaz:

 

Bom dia senhor Hiroshi Bogea  meu nome e Reinaldo sou morador do bairro são felix, queria denuncia Guarda Municipais que  na noite do dia 19/07.  n Guardas Muncipais estiveram no Bairro Morada Nova   abordado e revistando carros e motoqueiros na via principal fazendo o papel da policia rodoviária federal o qual e rodovia e Juridição da PRF, trazendo constrangimento e muitas outras irregularidades como desvio de função, o comando da guarda e fraco sabemos que alguns guardas andam armados , intimidando pessoas e isso tem sido um problema, não precisamos de 3 tipos de guardas. hoje Marabá tem Guarda Municipais, Guarda patrimoniais, e Guardas de transito, isso e um verdadeiro desperdiço de dinheiro publico espero que soluções seja tomadas para não feri a imagem desse governo do prefeito Joao salame a cada dia são divulgadas mais denuncias envolvendo Guarda, como nome já diz Guarda pessoas capacitadas para GUARDA o patrimônio Publico e não Policia isto esta trazendo um prejuízo para a população de Marabá  enquanto tem  viaturas de Mais para Guarda Municipais não temos ambulâncias para pessoas doentes, quando não se tem combustivel para outras secretarias viaturas da guardas estão rodado sem utilidade o dia e noite fazendo absurdos como esse isso me revolta espero que publique no seu site  que e um dos poucos que não tem medo de dizer a verdade que deus nos abençoe  obrigado segue fotos em anexo. da operação irregular desses guardas.

 

As fotos foram enviadas pelo próprio denunciante, que mostram, a bem da verdade, abordagem normal dos veículos.

 

Morada Nova 2

 

Morada Nova

 

Secretaria de Segurança explica operação

 

O secretário de Segurança Institucional de Marabá, delegado Alberto Teixeira, a quem a Guarda Municipal é subordinada, nega a versão do denunciante em relação à suposta agressividade dos agentes na abordagem de motoristas.

“A operação foi motivada pela reivindicação dos moradores do conjunto habitacional Tiradentes, localizado próximo a Morada Nova, às margens da rodovia federal. Ali tem sido registrado, diariamente, casos de invasão de residências por marginais, inclusive com ocorrência de estupro de uma senhora. O prefeito foi acionado diversas vezes pela população, também de Morada Nova,  para que  intercedesse no sentido de coibir abusos praticados em logradouros públicos daquele bairro, por elementos que usam os espaços para a prática de atos violentos como destruição de bens públicos, principalmente quadras esportivos, espantando as famílias que não podem mais frequentá-los. Como tivemos dificuldades em ter o apoio imediato da Polícia Militar, alegando falta de pessoal para atender muitas demandas, recebemos autorização do prefeito para realizar a blitz e dar um freio na bagunça existente”, conta o secretário.

Além de “batidas” realizadas no conjunto Tiradentes, a GM  promoveu revista de veículos nas imediações do conjunto habitacional, mais propriamente na BR-155, bem como na pista central do bairro Morada Nova.

“Não procede essa história de que atuamos com violência. O que a Guarda Municipal fez foi abordagem seguindo normas de segurança dos próprios agentes, como pedir a saída dos veículos com mãos para cima, afinal estávamos numa operação de “batida”, correndo o risco de confronto com alguma gangue. Se alguém está procurando a imprensa para desqualificar nossa ação, é porque essa pessoa não se sentiu bem diante da presença de órgão de segurança”, rebate coronel   Marcio Fernando,  comandante da Guarda Municipal.

Nesta terça-feira, 23,  a Secretaria de Segurança Institucional de Marabá realizará encontro com todos os órgãos de segurança (Polícia Militar, Polícia Civil. Corpo de Bombeiros, etc) visando a elaboração de uma ação conjunta, nos quatro cantos da cidade, com objetivo de coibir a violência que voltou  a ganhar ritmo.