Grandeza humana

Publicado em 13 de dezembro de 2010

No blog do Juca Kfouri:

Ronaldo, o homem
Ronaldo Fenômeno não se limitou a reconhecer mais um filho.

Lamentou ter perdido cinco anos da vida do menino.

E já tratou de acolhê-lo.

Ronaldo Fenômeno não se limitou a apontar todos os descalabros do futebol brasileiro, do calendário aos gramados, dos horários à alienação.

Criticou também os sindicatos dos jogadores, que pouco ou nada fazem.

E se pôs a disposição para mudar a situação.

Se agir como discursou, deixará um belo exemplo nos dois campos, o da bola e o da paternidade responsável.