Hiroshi Bogéa On line

Fora de rota

A propósito do post “Só o silêncio como testemunha”, comentário de …Da Silva ratifica o que corre de boca em boca no sudeste. Diz o repórter sem fronteira:

O helicóptero foi devolvido ao seu legítimo dono: uma empresa mineira , de quem o governo do Estado tinha alugado por uma boa grana mensal. Ainda foi obra e arte do namorado, ou ex, da governadora. O silêncio tem sua razão de ser: querem esquecer o assunto. Com um ano de aluguel dava pra comprar mais do que um helicóptero do tipo novinho em folha. Acho que o povo da região, especialmente de Marabá, e, principalmente, os políticos eleitos pelo voto dessa gente devem botar a boca no trombone. Sejam aliados ou opositores do governo de plantão.

Post de 

3 Comentários

  1. hiroshi

    12 de junho de 2007 - 21:33 - 21:33
    Reply

    Salame, sei que você viajava, sim. Mas te provocar me faz um bem danado, irmãozinho. E sei também que não és de ficar em cima do muro.
    heheheh

  2. Joao Salame

    11 de junho de 2007 - 02:19 - 2:19
    Reply

    Vocë sabe que eu estava viajando. Nesta terca-feira darei entrada em expediente na Assembleia cobrando esclarecimentos sobre essa questao. Nao tenho porque ficar calado. Muito ao contrario. Parabens pela investigacao jornalistica.
    Abracos

    Joao Salame

  3. Anonymous

    9 de junho de 2007 - 22:09 - 22:09
    Reply

    …Da Silva disse …

    Cadê os deputados Asdrubal Bentes. Giovani Queiroz, Zequinha Marinho, João Salame, Bernadeth, Tetê, Parsifal e outros menos votados. E os prefeitos, principalmente o Tião Miranda, não falam nada. Será que todo mundo comeu abiu???

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *