Carrefour compra área da Transbrasiliana?

O Carrefour teria fechado com o grupo Transbrasiliana a compra de grande área que a empresa de transportes coletivos tem em Marabá, na Folha 29.

O negócio gira em torno de R$ 35 milhões.

Hoje pela manhã, na garagem da empresa goiana, motoristas lotados em diversas cidades da região se reuniram com a gerência da Transbrasiliana em busca de informações sobre a venda da área (foto abaixo).

Trans

A preocupação deve-se a rumores de que a transportadora estaria fechando suas portas em Marabá – o que não procede.

A futura garagem da Transsbrasiliana, tão logo o Carrefour tome posse da área, será deslocada para outro imóvel de sua propriedade, na Nova Marabá.

A dúvida, no mercado, é saber se o Carrefour construirá em Marabá uma loja atacadista ou varejista.

Como o grupo francês inaugurou um Atacadão em Belém, tempos atrás, expectativa é de que o projeto marabaense siga a mesma direção.

No entanto, considerando declarações  de Luiz Fazzio, nº 1 do Carrefour no país,  dando conta de projeto  de expansão na Região Norte, área onde a rede varejista tem sua operação mais modesta no Brasil, é possível supor que um supermercado de grande porte possa ser aberto no local.

Em declarações dadas em rede nacional no final do ano passado, Fazzio disse que o plano do Carrefour é abrir três hipermercados no Pará, mais precisamente em Belém, Marabá e Santarém.

Como o negócio está sendo feito a sete chaves, somente nos próximos dias será possível saber o que realmente os franceses pretendem erguer na Folha 279, confluência com a BR-230 (fotos abaixo)

 

 

Trans 4