Hiroshi Bogéa On line

Caniço sem anzol?

Fora do círculo verdadeiramente mais interessado em ter autoridades da região ligadas ao setor (as colônias de pescadores), a  ida de Asdrubal  Bentes (PMDB) para a Secretaria Estadual da Pesca começou a receber críticas.

Não apenas entre o eleitorado do parlamentar, reeleito deputado federal com mais de 80 mil votos (53 mil obtidos somente em Marabá), mas também no seio dos formadores de opinião.

Ademir Braz, a propósito, lembra as perdas financeiras de Asdrubal, optando pela Pesca:

“A ida de Asdrúbal Bentes para o governo Simão Jatene, já confirmada, não é prejuizo apenas para Marabá e região. Ele próprio vai perder 15 salários mensais de R$ 25.703,00 por ano, mais R$ 60 mil por mês para contratar funcionários sem concurso público.”

Para ler o post completo.

Post de 

9 Comentários

  1. TIAGO VENICIOS

    30 de dezembro de 2010 - 01:24 - 1:24
    Reply

    Decepsionante a escolha de Asdrubal. Um parlamentar atuante sempre a frente dos interesses da regiões sul e sudeste do estado, e principalmente do ESTADO DE CARAJÁS, o sonho de um povo, que na eleições passadas le creditaram 80 mil votos, para que ele continuasse nessa guerra difícil que já dura cerca de 20 anos. Mas parece que abandonou o barco, para satisfazer seus própios interesse. A custa de quê? Se Marabá já não tinha representatividade em nível nacional agora que não terá mesmo. Espero que o nosso querido deputado, eleito para nos representarmos reavalia sua escolha pois Marabá e região perde muito com sua escolha.

  2. Anonymous

    29 de dezembro de 2010 - 19:48 - 19:48
    Reply

    Não votava nele como prefeito, mas ele era um excelente Deputado. ERA, pois o meu voto ele perdeu.

  3. Anonymous

    29 de dezembro de 2010 - 16:42 - 16:42
    Reply

    O Deputado Miriquinho Batista quer aproximar de Asdrubal para comamdarem o Seguro Defeso

  4. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 21:30 - 21:30
    Reply

    E o "HOME" renunciou à fracassada,vergonhosa,candidatura à prefeito,alegando que : chegara à conclusão,que "o povo" de Marabá,lhe acenara com os vergonhosos índices de intenção de votos ,à época,que "LHE QUERIA MESMO",como deputado federal,representando Marabá. Tão Asdrúbal ….

  5. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 20:10 - 20:10
    Reply

    Francisco Marinho Peixoto. Você votará sim.

    Quando Asdrubal renunciou a candidatura a prefeito em favorecimento de Maurino, também pensei que ele não tivesse mais votos em Marabá. Me enganei. Quase 60 mil.

    Essa jogada que ele fez cai no esquecimento em dois anos, quando então ele novamente pode se apresentar a prefeito. E você e alguns dos 60 mil, novamente votarão nele.

    Calma que essa mágoa passa.

    A amnésia cura qualquer mágoa.

  6. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 17:22 - 17:22
    Reply

    Asdrubal é uma velha raposa…Ele não bate prego sem estopa!!!!

  7. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 17:06 - 17:06
    Reply

    "só tenho a lamentar e a declarar que jamais votarei nele de novo."

    Sentimento de todos os eleitores do Ex Dep. Asdrubal Bentes.

    Foi uma punhalada nas costas dos seus eleitores. Lembro que na eleição passada para Dep. Federal Asdrúbal reclamou que foi eleito na rabeira, por pouco…Agora que ele recupera o prestígio com seus eleitores apronta uma dessas…

    Vergonha, só isso.

  8. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 16:43 - 16:43
    Reply

    Caro Hiroshi,
    Quando o Asdrubal Bentes ensaiou, por duas vezes, candidatar-se à prefeitura de Marabá, fui um dos mais pesados críticos. Sempre tive nele a figura de um político comprometido com o desenvolvimento de Marabá, mas atuando em Brasília, brigando por recursos para a nossa cidade.
    Quantas vezes, conversando com amigos, cheguei a dizer que se desse um zebra e o Asdrubal conseguisse se eleger prefeito de Marabá todos perderíamos.Porque ele seria uma péssimo prefeito e não teríamos, em Brasília, alguém da competência dele para conseguir verbas.

    Explico que ele seria um péssimo prefeito, não pelas qualidades pessoais dele, mas por ser influenciado por pessoas próximas ao seu círculo familiar notoriamente desgastadas em Marabá e cheias de nós pelas costas, e nem precisa eu citar nomes porque eu sei que você não publicará.

    Todos os meus familiares votam no Asdrubal para deputado federal, mas não votaram nele para prefeito , quando o mesmo se candidatou a primeira vez, e nem votariam na segunda vez que ele retirou a candidatura para apoiar o Maurino Magalhaes.
    Agora ao ler que ele será secretário da Pesca do governador Jatene só tenho a lamentar e a declarar que jamais votarei nele de novo.

    A decisão pessoal do Asdrubal de trocar a Câmara Federal por um cargo de secretário é verdadeira traição.
    Nenhum de nós votamos nele para secretário e sim para deputado federal. Fazer isso que está fazendo não é só traição, demonstra outros interesses pessoais que não sabemos qual é.

    Outro caso sério é que Marabá agora ficará sem nenhum representante na Câmara Federal, e a luta pela criação do Estado de Carajás, ele que sempre foi um batalhador pela causa.

    Asdrubal, meu voto nunca verá. Nem meu e o da minha família, que são mais de 30.
    Faço questão de assinar meu nome

    Francisco Marinho Piixoto
    Comerciante
    RG 1. 826.818 (SSP-CE)

  9. Anonymous

    28 de dezembro de 2010 - 16:10 - 16:10
    Reply

    Será que o futuro secretario sabeo que é: moqueio, da prá quilar? de lance ou turu? a diferença entre maraquanim ou sarará? ou qdo a maré tá de soatá? MAs como a maré não ta pra peixe o acordo pra levar Luis Otavio pra BSB deve ter outras compe nsaçoes, de qualquer forma só nos resta esperar afinal de contas rio cheio de piranha jacaré nada de costas!

Leave a Reply to Anonymous

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *