Hiroshi Bogéa On line

Candidato de idéias

O vice-prefeito de Marabá surpreende. Tem um discurso moderno, antenado com a agilidade dos tempos. Dialoga. Vai ao encontro dos problemas, sem isolamentos. O perfil de Ítalo Ipojucan é de um executivo solidário com preocupações distantes do clientelismo. Refuga o clientelismo, mas exige participação de quem pode participar. Conversar com ele é ganhar o dia.
Ítalo é pré-candidatíssimo a prefeito. Se chegar em junho com pelo menos 10 pontos nas pesquisas, ambala e pode surpreender.
Das muitas idéias expostas num rápido bate-papo (todas anotadas e a serem publicadas paulatinamente), Ítalo não enxerga Marabá do futuro sem uma Ouvidoria. “Ouvidoria para atuar mesmo e cobrar do prefeito, sem meio-termos”, diz.
Quem integraria essa Ouvidoria? Anotem:
Representantes do Ministério Público, Judiciário, classe trabalhadora urbana, classe trabalhadora rural, classe patronal, classe estudantil, e assim por diante. Ninguém da prefeitura. Ninguém da Câmara. Nenhum político.
“Quem quer trabalhar com honestidade não tem medo da transparência”, ensina.

Post de 

4 Comentários

  1. Val-André Mutran

    18 de julho de 2007 - 20:45 - 20:45
    Reply

    É um bom nome. Já poderia começar a construir com os atores sociais um programa de Governo para Marabá.

    Chega de discurso vazio em época de campanha, o que já se mostrou uma grande enganação.

    É hora e tempo de mudanças.

    Mande ver Ítalo!

  2. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 17:01 - 17:01
    Reply

    Esse ítalo é uma enganação. É uma montagem dos empresários para colocarem no poder um representante deles. Vai ser a maior enganação que o povo de Marabá sofrerá.

  3. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 16:48 - 16:48
    Reply

    Pelos nomes que tenho lido pré-candidatos a prefeito não há muitas esperanças de que Marabá dessa vez possa realmente ter um prefeito criativo e revolucionador. Ao tomar conhecimento de que o vice-prefeito é uma pessoa de idéias, anima-nos todos a possibilidade do município sair desse estágio provinciano em que se encontra ainda na área da administração pública. Vamos torcer para que essas idéias do senhor Ítalo não sejam apenas no papel. E que ele se candidate realmente para ser avaliado pelo povo. Marabá precisa de uma liderança jovem.

  4. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 15:52 - 15:52
    Reply

    O Ítalo pode ser incluído no rol dos empresários modernos, sim. Já asisti entrevistas dele na TV e no rádio comprovando ser uma pessoa de idéias com uma série de propostas para Marabá. Seria um bom prefeito.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *