Hiroshi Bogéa On line

Bolsonaro teria proibido delegado Eder Mauro de usar sua foto ao lado de Helder Barbalho

Quem informa é o site Amazônia Notícias:

 

 

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) proibiu o deputado federal Éder Mauro (PSD), seu apoiador, de colocar seu nome no material de propaganda ao lado dos nomes do senador Jáder e de seu filho Helder Barbalho (MDB).

O capitão Bolsonaro, que é fã de torturador e de ditadura militar, não admite ser relacionado no Pará com os Barbalho, atolados até o pescoço na lama da corrupção da Operação Lava Jato.

Helder Barbalho foi denunciado por Fernando Reis, presidente da Odebrecht Ambiental, em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal, por ter recebido R$ 1,5 milhão em propinas, de caixa dois, em três parcelas de R$ 500 mil, na campanha eleitoral de 2014, processo que continua em tramitação no Tribunal Regional Eleitoral do Pará. A denuncia de Fernando Reis foi confirmada pelo executivo Mário Amaro da Silveira, diretor-superintendente da Odebrecht.

Outra denuncia contra Helder Barbalho na Operação Lava Jato partiu do diretor-executivo do grupo JBS Friboi, Ricardo Saud, que também em delação premiada homologada pela Procuradoria Geral da República, acusou Helder Barbalho de ter recebido R$ 2,9 milhões em propinas de caixa dois, com Jader Barbalho recebendo R$ 6 milhões do grupo.

Por essas, e muitas outras, no Estado do Pará, 90 por cento dos eleitores de Jair Bolsonaro votarão no candidato Márcio Miranda (DEM), que é ficha limpa.

Post de 

1 Comentário

  1. Apinajé

    16 de outubro de 2018 - 18:16 - 18:16
    Reply

    Hiroshi.
    Se tudo caminhar como indicam as pesquisas,teremos a partir de 1 de janeiro um presidente que elogiou e elogia torturador.Vejo isso,por um viés um pouco diferente da maioria que o critica,Jair Bolsonaro escolheu um lado,assume,por mais absurdo que possa ser sua escolha,é aí que mora a diferença entre ele e os que o combatem,o outro lado ao invés de assumir erros cometidos,apontar o caminho para corrigi-los,tenta camaleonicamente ludibriar a massa escamoteando fatos em “falsas verdades”…Culpar o Jair Bolsonaro pela possibilidade de se tornar presidente, é não analisar os fatos como eles são,vejo muitos amigos cometendo esse erro,o Capitão é fruto da insatisfação da população,cansada das falcatruas da elite política brasileira,criaram um monstro!
    Em ele não querer ser associados aos barbalhos,acho que ele tá certo,seria cometer os repetidos erros praticados pelo PT,o tempo tá nublado,a tempestade vem com força,o fim do poço ainda não chegou,vai ser muita formiga pra pouco tamanduá.
    Vou insistir, 2019 vai doer!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *