Hiroshi Bogéa On line

Biologia Evolutiva (*)

Bastante interessante a produtividade do Ministério Público Estadual contra a continuidade de algumas obras do governo estadual apegando-se de pronto à nobre causa ecológica. Como o blogger não tem memória curta, calientemente lembra a ausência desse fervor ambiental durante os tempos de Manoel Santino Nascimento Junior, secretário de governo e eminência parda do MPE, instituição que por muito tempo manteve ele como seu chefe supremo. Ou ainda o considera assim?

De nada adiantaram esperneios de organizações ambientais quando Almir Gabriel decidiu rasgar 60 km de mangues que constituíam o traçado da Alça Viária, razão maior de seu demorado prazo para maturar o movimento de aterro jogado sobre as reservas de berços naturais de diversas espécies de crustáceos.

A tratorada de Santino passou por cima, ilesa.

Onde estava o MPE?

Caladinho da silva, providenciando aqui e ali reações de piano para emoldurar a cena.

A inversão de atitudes é realmente evolutiva.

Nem a teoria darwinista explicaria essa transformação.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    3 de julho de 2009 - 12:08 - 12:08
    Reply

    É isso mesmo. Imagine então, agora, essa idéia maluca de construir nessa área da Pirelli não sei quantas mil casas. Seria com certeza o fim da picada. Ou melhor, o fim do pouco que ainda resta de área ambiental. Ainda bem que, parece, eu disse parece, que o projeto morreu no nascedouro.

  2. Anonymous

    2 de julho de 2009 - 23:10 - 23:10
    Reply

    A obra embargada em belém destruiria uma parte de floresta rara e importantíssima no coração da cidade. Uma riqueza, que seria ocupada em seguida pelos "sem terra" construindo aquele maravihoso favelão, especialidade deles, sem alterar a mobiliade urbana. Já a alça integra o Estado, da mobilidade, aproxima vencendo as distâncias. Enxergar nessas duas coisas diferentes uma só é algo assim ridiculo.

  3. Anonymous

    1 de julho de 2009 - 16:48 - 16:48
    Reply

    Seria bom, muito bom mesmo, se nesse governo tivesse alguém com coragem e competência para levar em frente projetos dessa natureza onde o MPE e essas ONGs que não querem nosso desenvolvimento parassem de atrapalhar porque só nesse estado ocorre essas intervenções indecentes.Vc meu amigo Hiroshi é um homem que viaja e sabe muito bem que noutros estados quano a coisa é feita com competência tudo corre naturalmete.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *