Hiroshi Bogéa On line

Bazofiando na AL

O poster acaba de ler, aqui em Itupiranga, manifestação de inconformismo da deputada estadual Bernadete ten Caten (PT), em discurso na Assembléia Legislativa.

Um dos trechos da fala de parlamentar diz:

“O veto esta fundamentado na evidente inconstitucionalidade da emenda aprovada, criando um diferencial favorável ao Legislativo, ferindo a isonomia entre os poderes, e até parece um pouco como legislar em causa própria, feita por despeito e por uma clara demonstração de força”.

O esperneio de Bernadete se justifica.

Ana Júlia está protegida juridicamente ao vetar o tal parágrafo único do artigo 4º do projeto que criou a Secretaria de Estado de Comunicação.

Os deputados que votaram pela derrubada do veto sabem também disso.

O que eles fizeram, diante de jactância ridícula, foi mexer o tacho de soberba num momento em que parte de parlamentares busca, exclusivamente, travar queda-de-braço com setores do governo, para mostrar “quem manda aqui” .

Dentro daquela casa, vive-se o momento do xerifismo empacotado, expressão usada por parlamentares democratas norte-americanos para designar a falsa altivez de colegas republicanos.

Até os menos informados sabem que concessão pública da União segue leis federais, totalmente desagregadas dos interesses de sonhos megalomaníacos de deputados estaduais.

A TV Cultura, da Funtelpa, é um exemplo disso.

A derrubada do veto do governo carrega um conjunto de intenções que mistura gabotice, disparate e  bazófia numa mesma fanfarronada.Momento único do xerifismo empacotado dilacerar-se em ejaculação precoce.

Como a derrubada do veto é uma vitória de Pirro, dessa infrutuosa programação, estamos livres, sim!

Em última instancia, a Justiça evitará de nossas residências serem invadidas, duas horas diárias, por desnecessários impropérios.

Post de 

8 Comentários

  1. Anonymous

    9 de março de 2010 - 02:04 - 2:04
    Reply

    Aqui nesse blog não sai criticS que atinja os governos do PT,lula e ana.E falar da situação vergonhosa da transamasonica(maraba/itupiranga)é citar uma das mazelas e das promesas que ficaram empacadas.

  2. Anonymous

    5 de março de 2010 - 13:00 - 13:00
    Reply

    Se eu bem entendi, você foi à Itupiranga ? Espero que tenha ido de carro,pela maravilhosa Transamazonica. Pelo amor de Deus ! Faça um comentário(ou seria uma crítica) na sua coluna no Diário(seria, na verdade, mais uma crítica) .Thanks.

  3. Anonymous

    5 de março de 2010 - 00:28 - 0:28
    Reply

    Olhando a atuacao dos deputados do Pará tenho a certeza que na próxima eleicao só vou votar em candidato novo nao dando meu voto para estes malandros legislativos se reeleger.

  4. Anonymous

    4 de março de 2010 - 23:01 - 23:01
    Reply

    Uma vergonha para o Pará, o que esses deputados estão afzendo. Agora no inicio da noite, todos os telejornais do país divulgando a vergonhosa redução de carga horário da AL do Pará. Isso é o que eles sabem fazer: derrubar veto de ato inconstitucional e ganhar mais de 45 mil por mes trabalhando apenas dois dias na semana. Deveriam todos ir pra cadeia!

  5. Anonymous

    4 de março de 2010 - 17:20 - 17:20
    Reply

    Vai ver o João Salame, que só gosta de tá em televisão, foi um dos maiores defensores dessa vergonha pretensão desses deputados paraenses. Uma vergonha esses moços.

  6. Anonymous

    4 de março de 2010 - 16:51 - 16:51
    Reply

    Os deputados estaduais são hoje manobrados pelo Parsifal, que só quem mora aqui em Tucuruí sabe quem ele é. Não é por acaso que esse moço nao se elegeu deputado, ficou numa suplência e olhe lá. Mas ele e a mulher dele, politicamente, estão com os dias contados.

  7. Anonymous

    4 de março de 2010 - 14:25 - 14:25
    Reply

    EI, HIROSHI, esses marmanjos da assembleia queriam era entrar todo dia na TV cultura direto da AL? Pra fazer baboseiras e a gente ter que aturár cada um? Sao mesmos uns folgadões, hein?!! Porrada nesses caras, rapaz, e o povo tem que se cuidar agora e nao dar mais seu voto pra nenhum desses deputados enganadores…..

  8. Anonymous

    4 de março de 2010 - 12:19 - 12:19
    Reply

    Parabens pelo comentário. Essses deputados estaduais do Pará nos desonram. Como é que pode quererem usar duas horas diariamente para arrotar bacaba em nossas casas? Pau nesses sugadores.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *