A queda de André

Publicado em 6 de outubro de 2010

A saída de André Farias da coordenação da campanha de Ana Júlia está sendo saudada aos quatro ventos.

Ele é apontado, principalmente pelos candidatos a cargos proporcionais da coligação “Acelera Pará”, como um dos principais  motivos para a maioria ter ficado de braços cruzados, ignorando quase que totalmente a campanha para governador.

A campanha de Ana, pelo menos no Sul do Pará, teve de tudo, menos coordenação.

Reencarnação plena da Lei de Murici, cada um tratando de si.

Ou, numa situação de escancarada esperteza, vigência  espraiada da Lei de Gerson, que nunca foi revogada neste país.