Chega a 21 casos suspeitos de Sarampo em Marabá

Publicado em 30 de novembro de 2019

Os casos de sarampo em Marabá chegaram a 21 registros.

Em menos de 10 dias.

Casos suspeitos da doença saltaram de 11 para 21 na cidade, registrados em bairros da zona urbana e na zona rural.

Segundo a Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal, apenas dois casos estão confirmados na cidade: uma criança de um ano e um adulto, ocorrências verificadas na Vila Santa Fé e no Bairro Liberdade.

O diagnóstico do sarampo no município é demorado e depende de envio de amostras dos pacientes para a capital do estado, Belém

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão da doença ocorre quando a pessoa doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é através da vacinação.

Os sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

Não existe tratamento específico para o sarampo. Os medicamentos são utilizados para reduzir o desconforto ocasionado pelos sintomas da doença.

As pessoas já diagnosticadas são orientadas a permanecerem em casa, em repouso. Marabá é o primeiro município da região a confirmar caso da doença.

FPF homenageia servidora que faltou serviço para ir à Copa do Mundo

Publicado em 29 de novembro de 2019

A Federação Paraense de Futebol (FPF) resolveu homenagear Iolanda Modesto Vilhena Torres, esposa do presidente da entidade, Adelcio Torres, colocando o nome dela no troféu que será entregue ao campeão paraense do futebol feminino de 2019. O jogo entre Remo e Esmac será no domingo, às 9h30, no Mangueirão, com ingresso a R$ 10.

No entanto, a homenagem criou polêmica porque, além de ser esposa do presidente, ela também ficou conhecida como a funcionária que assinou o livro de ponto da Secretaria de Estado de Transporte (Setran), antes do prazo determinado, para viajar para a Rússia ao lado do marido. Ele foi convidado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para assistir aos jogos da Copa do Mundo de 2018.

Na nota da FPF, a justificativa é pelo serviço que presta a entidade. Iolanda, além de dar nome ao troféu, também vai entregar a taça para a capitã do clube que vencer a competição.

Carolina mais perto de Marabá. Pedra Caída, também: vem vindo uma ponte por aí.

Publicado em 28 de novembro de 2019

 

Hoje, 28, em São Luís, importante documento foi assinado entre os governadores do Maranhão, Flávio Dino, e do Tocantins- Mauro Carlesse (foto abaixo).

Trata-se deum protocolo de intenções versando sobre a construção da ponte sobre o rio Tocantins, ligando as cidades de Filadélfia-TO e Carolina-MA.

Para quem não sabe, acostumado a viajar para Carolina usando apenas a BR-230,  passando pela cidade do Estreito (MA),  quem pegar a BR-153, à altura de São Domingos do Araguaia, até Araguaína, no Tocantins, tem uma rododia com extensão de 100 km desta cidade até Filadélfia, que fica do outro lado do rio Tocantins, em frente Carolima.

Um pulo para quem gosta de se deliciar com as belezas do Complexo Turístico de  Pedra Caída,  localizadoa 30 km de Carolina.

A ponte é reivindicação da toda a região daquela partes dos dois Estados,  há mais de 90 anos.

Os dois governadores decidiram unir esforços para fazer a obra.

E o protocolo é  o primeiro passo, porque depois vem  estudos, elaboração de projetos e a locação de recursos.

Assim que construída, a nova ponte irá interligar as rodovias TO-222 e MA-230 e será um equipamento de infraestrutura que contribuirá para o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida da população dos dois estados e também de estados vizinhos.

Santuário ecológico de Pedra Caída,em Carolina (MA).

 

Na foto de capa, Carolina à direita; Filadélfia à esquerda do rio Tocantins.

Portel: Vereadores de Portel livram a cara de colega que zomba dos servidores em vídeo.

Publicado em 28 de novembro de 2019

Quem informa é a jornalista Aline Brelaz  com colaboração de Charlem Sarges.

 

A Câmara de Vereadores de Portel, arquivou o pedido de instauração de processo de investigação contra o vereador Emerson Lobato  (sem partido – foto, rindo quando fazia pronunciamento de defesa), que gravou vídeo na praia do município de Porto de Moz, se gabando de ser líder da bancada governista, onde zomba de servidores e diz que sua mulher pode ficar sem trabalhar, que jamais “pegará falta porque sou líder do governo, o prefeito precisa de mim…”

Dos 15 vereadores de Portel, cinco votaram favorável à instauração do processo, sete votaram contra, dois se ausentaram  da sessão e o presidente da Câmara Municipal, Enos Perdigão não precisou votar. O voto que assegurou o arquivamento do processo foi dado pelo vereador Nizael Lobato (PSC).

Após a veiculação na mídia e nas redes sociais do vídeo bizarro, o presidente do PRTB no Pará, ex-senador Mário Couto, determinou a expulsão de Emerson Lobato do partido.

Também foram abertos inquéritos para investigar a conduta do vereador pelo Ministério Público Estadual e a Polícia Civil.

Antes do início da sessão na manhã desta quinta-feira, 28, a população ocupou a frente do prédio da Câmara Municipal de Portel. As galerias do parlamento municipal ficaram lotadas, inclusive, dos servidores da saúde municipal, exigindo melhorias na rede pública municipal de saúde e em seus salários.

A sessão ocorreu em um clima de muita tensão e na hora do pronunciamento do vereador Emerson Lobato, muitas pessoas presentes na galeria ficaram de costas para o plenário, em repúdio à postura do parlamentar.

Ele reiterou o que já havia divulgado em vídeo, que tudo não passou de uma brincadeira e que os vídeos que circularam com ele e a esposa na praia foram enviados apenas em um grupo da família, mas alguém com má-fé publicou nas redes sociais.

Populares ficam de costas durante pronunciamento de Emerson Lobato

Após o término da sessão, com a tensão fora e dentro do prédio da Câmara de Vereadores, os ânimos dos populares que aguardavam do lado de fora estavam muito exaltados. A Polícia Militar foi acionada pelo presidente da câmara para garantir a saída de Emerson Lobato e dos demais vereadores.

Apesar da segurança, algumas pessoas atiraram ovos na direção do vereador, que acabou sujo, mas conseguiu sair sob escolta.

Votaram a favor da abertura do processo de investigação contra Emerson Lobato:

Vereadores:  Walber da Paixão, Angelo Júnior, Adonis Pires,  Heron Machado Coelho e Moisés Moreira

Votaram contra: 

Vereadores Ciro Alves, Mac Lima,  Situba, Gerson Pereira, Emerson Lobato, Zildo Brasil e  Nizael Lobato

Não compareceram na sessão:

Vereadores Jorge Barbosa e Rose de Nadal

Não votou:

Enos Perdigão (Presidente da Câmara Municipal de Portel)

População foi para porta da Câmara de Vereadores aguardar resultado da sessão
Após falas polêmicas, MPE pune ouvidor. Procurador Ricardo Albuquerque é afastado da função

Publicado em 28 de novembro de 2019

O procurador de justiça Ricardo Albuquerque foi afastado, após deliberação do Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por unanimidade, contra o ouvidor, conforme revelou uma fonte do Colégio.

Assume na Ouvidoria, o procurador Antônio Eduardo Barleta de Almeida.

Segundo a mesma fonte, o relator do processo para apurar o caso e realizar a instrução será o procurador Estevam Sampaio.

O Ministério Público deve divulgar nota sobre a decisão.