Rebelião deixa 52 mortos em presídio de Altamira

Publicado em 29 de julho de 2019

Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, fizeram uma rebelião por cerca de cinco horas na manhã desta segunda-feira (29). De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), 52 detentos foram mortos, sendo 16 deles decapitados e o restante asfixiado. Dois agentes penitenciários, que chegaram a ficar reféns, foram liberados.

Uma briga entre organizações criminosas provocou a rebelião. Segundo a Susipe, internos do bloco A, onde estão custodiados presos de uma organização criminal, invadiram o anexo onde estão internos de um grupo rival. A Superintendência ainda não identificou os grupos.

Posteriormente, a sala foi trancada e os presos atearam fogo no local. A fumaça invadiu o anexo e alguns detentos morreram por asfixia, de acordo com a Susipe. A ação começou às 7h e terminou por volta das 12h.

Uma cúpula da Segurança Pública do Pará viaja para Altamira, para acompanhar o caso, na tarde desta segunda. A unidade prisional tem capacidade para 200 detentos, mas era ocupado por 311 presos.

Esse é o segundo maior massacre em presídios de 2019. Em maio, 55 presos foram mortos sob custódia do estado no Amazonas.   (G 1)

Produção de hortaliças é tema de cursos em Marabá

Publicado em 29 de julho de 2019

Começa nesta terça-feira, 30, e segue até o dia 02 de agosto uma série de cursos sobre produção de hortaliças que a Embrapa Amazônia Oriental realiza no município de Marabá, região sudeste do Pará.

Implantação de hortas, manejo de solo e hidroponia estão entre os temas das quatro capacitações que ocorrem em assentamentos e também na zona urbana do município, para levar tecnologias sustentáveis de produção para o fortalecimento da atividade na região.

Os cursos integram as atividades do subprojeto Tecnologias sustentáveis para o fortalecimento da horticultura na Amazônia – Hortamazon, do Projeto Integrado da Amazônia, vinculado ao Fundo Amazônia, e são as primeiras para essa cadeia produtiva na região.

Desde o início do ano, técnicos da Embrapa e instituições parceiras executam o levantamento para o marco zero do projeto.

Dezenas de propriedades foram visitadas em pelo menos três municípios e os primeiros resultados apontaram para necessidade de capacitação em diversos temas relacionados à horticultura. Como fruto desse levantamento inicial, as capacitações foram elaboradas, conforme explicou a engenheira agrônoma da Embrapa, Mazillene Borges.

A programação se inicia dia 30, no bairro de Laranjeiras, com o curso “Práticas sustentáveis nos sistemas de produção hortícolas: manejo do solo e hidroponia”. O dia 31, a formação ocorre na associação da comunidade Murumuru, desta vez, como o tema “Práticas sustentáveis no manejo de hortas”.

A agenda de cursos segue em agosto, no dia 1, no Assentamento 26 de Março, com a “ Implantação de hortas para agricultura familiar”. A programa será encerrada no Assentamento 3 Ilhas, com o curso “Práticas sustentáveis nos sistemas de produção hortícolas: manejo do solo, hidroponia e semi-hidroponia”.

Ainda de acordo com Mazillene Borges, os primeiros levantamentos revelaram que Marabá e municípios próximos tem um cinturão verde em consolidação, mas que a região ainda carece de tecnologias para aumentar a produtividade, inserir novas culturas e combater doenças e pragas que atingem os cultivos, entre outros. Os cursos têm como instrutor o professor Sérgio Antônio Lopes de Gusmão, da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e são voltados para produtores rurais, técnicos extencionistas e estudantes de áreas afins.

Além do levantamento das necessidades dos produtores na região e treinamentos, o Hortamazon vai utilizar diversas ferramentas de capacitação como a promoção de intercâmbio entre produtores, dias de campo, implantação de Unidades Demonstrativas e Unidades de Observação.

O Hortamazon é um dos 19 subprojetos que a Embrapa realiza em toda Amazônia, por meio do Projeto Integrado da Amazônia, cujo período de execução iniciou em 2018 com programação até 2020, com recursos do BNDES, vinculado ao Fundo Amazônia.

A região do Sudeste Paraense foi escolhida pela Embrapa Amazônia Oriental para concentrar ações de 16 subprojetos integrantes do Projeto Integrado da Amazônia no Pará, com a missão desenvolver e executar ações de pesquisa, transferência de tecnologia e comunicação para fortalecer a produção sustentável, além de recuperar, conservar e promover o uso racional dos recursos naturais.

Para saber mais acesse:

Projeto Integrado da Amazônia

Fundo Amazônia 

———————–

Atualização às 14:55

Local do curso de amanhã – Departamento de Postura do Município de Marabá
Rua Ceará quadra 15 lote 19 – bairro Laranjeira
(Próximo a Subestação da Celpa)
Entrada ao lado do posto Serra Dourada (que está desativado), depois do Aeroporto.

Semana Estudantil Umarizal: conhecidos campeões de futebol

Publicado em 29 de julho de 2019

Vila do Umarizal,  Município de Baião (Alessandra Leite)  – A Semana Estudantil da Vila Umarizal, no município de Baião, gerou muitas emoções no final de semana.

As disputas pelos títulos de futebol masculino e feminino, além da modalidade Vôlei atraíram grande público.

Ao final, a equipe de futebol masculino  Time Amigo sagrou-se campeã.

As fotos abaixo mostram os protagonistas do time campeão de futebol masculino.

 

Entre os finalistas, time de futebol Meninos da Vila

A comunidade também torceu muito durante as disputas de vôlei, ocorridas na prainha da Vila Umarizal (foto abaixo).

 

Como vem ocorrendo em toda parte do mundo, o futebol feminino transformou-se numa das maiores atrações da Semana Estudantil da Vila Umarizal.

Diversas equipes disputaram o título da competição.

Ao final, o time Máquina Jovem foi o grande campeão do torneio. (fotos abaixo).

Texto – Alessandra Leite

 

Policiais Militares recebem comendas por bravura em Marabá

Publicado em 27 de julho de 2019

Dois policiais lotados no 4º Batalhão de Polícia Militar, em Marabá, receberam, na tarde desta sexta-feira (26), diploma de Menção Honrosa em reconhecimento à dedicação no salvamento de uma mulher que saltou da ponte rodoferroviária sobre o Rio Tocantins.

O fato heróico foi uma ação conjunta de dezenas de policiais militares e do Corpo de Bombeiros, entretanto o cabo Paulo Coelho e o soldado M. Diego, com apoio de um barqueiro, empreenderam o resgate da mulher que estava prestes a se afogar.

A homenagem foi recomendada pelo Governador Helder Barbalho e a menção foi assinada pelo Comandante Geral da PM do Pará, Coronel José Dilson Melo de Souza Junior.

A entrega foi realizada pelo Secretário Regional de Governo, João Chamon Neto e pelo comandante do 4º BPM, coronel Dayvid Sarah Lima, na sede do Batalhão.

“Para o Governo, é de extrema importância vivermos esse momento de valorização e reconhecimento que a Polícia Militar vem desenvolvendo em favor da comunidade do Pará. Houve uma ação conjunta, na qual muitos outros militares estiveram envolvidos, mas na pessoa desses dois policiais homenageados aqui, cumprimentamos a todos da tropa”, declarou João Chamon Neto.

Para o coronel Dayvid Sarah Lima, a forma integrada de trabalho das equipes e ainda com o barqueiro que cedeu a embarcação utilizada no salvamento, representa a unidade da tropa. “Ficamos satisfeitos com o resultado daquilo que é repassado para eles, principalmente a nossa missão constitucional que é preservação da vida – Servir e Proteger. E não somente nesse caso do salvamento dessa senhora, mas todos os dias, na rua, na labuta para que o cidadão fique tranquilo. Presto minha homenagem a todos, elogiou.

O cabo Paulo Coelho e o soldado M. Diego cumpriam ronda de rotina na manhã da última quinta-feira (25) quando foram acionados via rádio sobre o caso. Contando com o apoio de um barqueiro, sob a orientação de outra equipe que fazia o bloqueio da ponte e observação da vítima, eles chegaram à mulher e conseguiram fazer a retirada da mesma de dentro da água, ainda com vida.

Em terra, a mulher recebeu os primeiros socorros de uma equipe do Corpo de Bombeiros que já aguardava e foi encaminhada para o Hospital Municipal de Marabá. “Nós só temos a agradecer a toda a equipe que nos deu suporte, ao barqueiro e a Deus, que nos permitiu realizar esse salvamento. O reconhecimento é importante, mas só quem ganha é Marabá, por ter uma equipe comprometida”, disse o cabo Paulo Coelho.

Para o soldado M. Diego “essa Menção Honrosa representa uma vida que foi salva. Apesar daquela mulher ter se colocado naquela situação, nós pudemos evitar uma tragédia maior e esperamos que ela se recupere e saia dessa situação”, declarou o soldado. (Elizabete Ribeiro –  CRG)

Semana Estudantil da Vila Umarizal movimenta Verão no interior do Pará

Publicado em 26 de julho de 2019

A universitária Alessandra Leite (foto), estudante na Unifesspa do curso de Saúde Coletiva, passando férias na Vila do Umarizal, município de Baião, cidade onde nasceu e mora seus familiares, acompanha, a pedido do blog, a Semana Estudantil ali realizada. 

Filha de pescadores, Alessandra carrega também o sangue de antepassados quilombolas, lutando pela preservação das raízes de sua aldeia, um dos lugares mais bonitos às margens do rio Tocantins – Vila do Umarizal.

A seguir, relato de Alessandra dos primeiros dias das disputas.

 

 

Vila do Umarizal, Município de Baião – A Semana  Estudantil da Vila Umarizal, no município de Baião, está em sua fase de definição das modalidades esportivas.

O evento, que completa 31 anos de existência, oferece diversas modalidades em disputa: futebol, vôlei, natação, corrida de velocidade , corrida de resistência, cabo de guerra, dança, show de calouros, Miss Estudantil, entre outros.

A Semana Estudantil do Umarizal teve inicio sexta-feira passada.

Até a manhã de hoje, 26, variadas disputas estavam em sua fase final.

No futebol, como exemplo, o time do Barcelona conseguiu a classificação para disputar a final.

Ontem à noite, ocorreu o Show de Calouros, que atraiu  a presença de centenas de umarizalenses.

À noite desta sexta-feira,  duas concorridas modalidades: dança e a escolha da Miss Estudantil.

Aguardamos o processamento de classificação dos participantes de diversas modalidades para divulgação no blog.

Modalidade Cabo de guerra

 

VILA DE UMARIZAL

Localizada na margem esquerda do Rio Tocantins, a vila de Umarizal é um distrito Quilombola com aproximadamente 2.000 habitantes.

Umarizal é um local tranquilo e com um povo hospitaleiro.

Sua principal atração é o samba de Cacete, que já foi diversas vezes destaque nacional.

A maioria da população é descente de Quilombos, daí se explica parte da sua rica cultura.

População de Umarizal interagindo
Canoagem: travessia do rio Tocantins

Texto e Fotos: Alessandra Leite, com participação de Maria Rosiana Cardoso Leite