Doxa prevê segundo turno no Pará: Helder 38% X Márcio 26% X Paulo 13%. Márcio cresceu 3 pontos; Helder estagnou

Publicado em 30 de setembro de 2018

DOXA divulga sua quarta pesquisa de intenção de voto para o Governo do Estado do Pará. Helder Barbalho (MDB) obteve 38,4% das intenções de voto.

Márcio Miranda (DEM) aparece com 26,8% e Paulo Rocha (PT) está com 13,2%.

A pesquisa foi registrada no TRE-PA sob o protocolo PA-07973/2018 e foi realizada no período de 24 a 28 de setembro com 1.896 eleitores, entrevistados nas seis (6) mesorregiões do Estado.

O nível de confiança utilizado é de 95% e a margem de erro estimada de 2,25% para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada GRAVASOM/A Província do Pará.

A Doxa não vai divulgar a pesquisa para a corrida ao Senado por que foi impugnada pela coligação O Pará Daqui Pra Frente, encabeçada pelo MDB.

 

Seminário discute criação do  Parque de Ciência e Tecnologia em Marabá

Publicado em 27 de setembro de 2018

Quem informa é a competente jornalista Kélia Santos:

 

Com o tema “Empreendedorismo Inovador e Educação Profissional: oportunidades para o desenvolvimento regional”, a 3ª edição do ciclo de seminários “Diálogos da Inovação” ocorreu nesta quarta-feira (26), em Marabá, na região sudeste, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com o Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará.
Segundo o diretor de Ciência e Tecnologia da Sectet, Marco Antônio Lima, a partir deste evento o objetivo é criar “um grupo de trabalho para retomar o planejamento da instalação de um Parque de Ciência e Tecnologia (C&T) na cidade de Marabá, para atender a Região de Integração Carajás”.
Ele informou que para implantar o parque primeiro é preciso identificar parceiros potenciais, organizar uma rede de parcerias, elaborar um diagnóstico socioeconômico e ambiental da região, definir as atividades econômicas prioritárias a serem apoiadas pelo parque, fazer o planejamento físico e financeiro e buscar recursos.
Para Caetano Reis, coordenador de Desenvolvimento Econômico do Centro Regional de Governo do Sudeste, também integrante do Conselho de Jovens Empresários de Marabá, o cenário atual é favorável para a implantação do PC&T na região. “O parque da nossa região chegará para integrar incubadoras e aumentar o fomento para as nossas cadeias produtivas, nos setores mineral, agropecuário, comércio e de serviços. Por exemplo, usar a tecnologia para a área da engenharia da mineração, verticalizando nosso minério de ferro. No agro não é diferente, promovendo o melhoramento genético do gado e de sementes; no setor do comércio, com a criação de aplicativos para melhorar a vida das empresas e das pessoas”, ressaltou.
Qualificação – O diretor de Educação Profissional e Tecnológica da Sectet, Luís Blasques, ministrou palestra sobre o Programa Pará Profissional, informando que as mais de 4 mil pessoas qualificadas pelo programa receberam educação profissional em cursos definidos pela sociedade.
“Em Marabá, a gente vem articulando as necessidades locais com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Mineração. A gente faz o mapeamento de demandas, pactua ofertas de cursos com determinados ofertantes, como o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), e leva os cursos demandados pela sociedade, que farão diferença na região”, acrescentou.
Oportunidades – “As Potencialidades Econômicas e Oportunidades de Negócios para o Setor Produtivo Local” foi o tema abordado pelo secretário de Indústria, Comércio e Mineração de Marabá, Ricardo Pugliese. Segundo ele, o município tem mais de 11 mil empresas, das quais 5.500 são de microempreendedores individuais (MEIs), e o restante de pequenas, médias e grandes empresas.
O secretário disse que no mês passado foi assinado o convênio de compromisso entre a prefeitura de Marabá e o governo do Estado, por meio da Sectet, para a implementação do Programa Pará Profissional n município, e já foram lançados seis cursos, em áreas como gráfica e moveleira, com uma grande procura.
Também houve palestras do reitor Maurílio Monteiro, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), sobre o papel das instituições de ciência e tecnologia no desenvolvimento local, e do diretor-presidente da Fundação Guamá, Antônio Abelém, sobre empreendedorismo inovador proporcionado pelo Parque de Ciência e Tecnologia (PCT Guamá), implantado no campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém.
Empreendedorismo inovador – Antônio Abelém frisou que para um parque tecnológico funcionar bem é preciso firmar parceria com as universidades, o setor empresarial e toda a sociedade. “Um parque tecnológico tem a capacidade de mudar seu entorno e depois a região onde atua. O PCT Guamá tem conseguido estimular o empreendedorismo inovador na Grande Belém. Estamos com o segundo prédio pronto, com média de 16 empresas instaladas e outras 16 que são empreendedores no espaço de co-working. Conseguimos construir um programa de criação e desenvolvimento empresarial que tem condições de atender empreendedores nos diferentes tipos de maturidade. O parque acaba atuando como catalisador, provocando outros parceiros e estimulando o desenvolvimento”, concluiu.
O ciclo de palestras sobre inovação tecnológica agradou ao estudante de Artes Visuais da Unifesspa, Luca Eduardo Lima. “Essa questão de inovação na ciência e tecnologia eu aplico no meu próprio curso. Achei muito interessante o evento porque, agora, consigo ver quais são os caminhos necessários para trazer essa inovação para Marabá. Eu estava tentando desenvolver um evento relacionado à robótica e games e, com essa explicação, eu consegui entender melhor como é que eu posso me relacionar com outras empresas e instituições”, disse o universitário.

Texto:
Kelia Santos

Avenida Autocenter: inaugurada loja em Marabá de multiatendimento

Publicado em 26 de setembro de 2018

O carro é a paixão do brasileiro. Por isso, a qualidade de um auto center faz toda a diferença, seja para o profissional que quer atrair mais clientes, seja para o cliente que deseja um serviço eficiente.

Marabá acaba de ganhar uma loja em formato multiatendimento,  no segmento autocenter.

Trata-se da loja Avenida Autocenter, aberta ali na VP-8, ao lado da Churrascaria No Kilo.

Na Avenida o cliente pode fazer barba,  cabelo e bigode.

Tudo no mesmo lugar.

Ter os equipamentos e produtos para atender o fluxo é a primeira alternativa  oferecida pela loja recentemente inaugurada.

Comprar um pneu importado?

Tem.

Acessórios para veículos? Uma infinidade de itens.

Película?

Bem, escolher o tipo ideal de película para o seu carro pode não ser uma tarefa tão simples.

Isso porque no mercado existem diversos tipos, marcas, espessuras e finalidades.

Algumas, inclusive, nem são permitidas por lei.

Mas na loja Avenida Autocenter, você não terá problemas para receber a orientação profissional que permitirá a compra e aplicação do filme ideal.

Os serviços de Alinhamento e Balanceamento têm a garantia de equipamentos modernos e profissionais altamente treinados.

Todos sabem que o alinhamento é muito importante, pois ajusta os ângulos da roda, mantendo-os perpendiculares ao solo e paralelos entre si.

Se ao dirigir você sente o volante puxando de um lado para o outro, o momento é propício para realizar o alinhamento.

Já o balanceamento impede vibrações do veículo em determinadas velocidades, se o volante vibra e o carro apresenta barulho, é hora de balancear o carro.

Esses serviços são realizados na Avenida Autocenter com alto nível de qualidade, porque a empresa, para realizar esse tipo de trabalho,  possui  máquinas específicas como  balanceadora de rodas, alinhador de direção, cavaletes móveis para alinhamento…

No Avenida há espaço também para a lavagem de seu carro, com entrada pela rua que fica atrás da VP-8.

Lava-jato com equipamentos de última geração.

Esse serviço é altamente elogiado.

“Nós sabemos que o brasileiro é um apaixonado por carro, mas às vezes não tem consciência  da importância de proteger a pintura do seu veículo -, não apenas para deixá-lo mais bonito, mas como uma forma de cuidar do seu patrimônio e garantir um bom preço no momento de troca. Nesse aspecto, além da lavagem, nosso serviço de polimento cristalizado ganha destaque”, explica Luciano, dono da Avenida Autocenter.

Quando o assunto é brilho, a atenção vai além da limpeza e da lavagem.

Para melhorar o aspecto, é recomendado fazer um polimento no carro. Método que também é necessário para retirar poluentes acumulados ao longo do tempo.

Sempre existem aqueles resistentes à lavagem. Vale também lembrar da chuva ácida, que pode manchar a tintura.

Mas o que é polimento cristalizado?

Existem muitos procedimentos oferecidos no mercado e um deles é o polimento cristalizado. Também conhecido como cristalização ou espelhamento, pois a lataria do automóvel fica sempre brilhante e reluzente.

O polimento cristalizado é outro serviço de elogiável performance oferecido pela Avenida,

E quem nunca ouviu falar do Martelinho de Ouro?

O Avenida Autocenter também  está disponibilizando  os serviços de martelinho de ouro, ou  funilaria artesanal, tipo de técnica  para desamassar carros, sem precisar de serviços de pintura.

“Estamos já de portas abertas para receber nossos clientes, garantindo a eles o maior profissionalismo, respeito e atendimento  qualificado.  Sabemos que para  intensificar o sucesso nessa atividade é necessário investir em alguns itens para deixar o empreendimento cada vez mais atrativo. O mercado automobilístico não para de crescer, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, a frota brasileira cresce onze vezes mais rápido do que a própria população., por isso a necessidade de oferecermos os melhores serviços”, finaliza Luciano.

Presidente do TJE assume governo do Pará

Publicado em 25 de setembro de 2018

Conforme o blog antecipou no início desta tarde, o  presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, assumiu hoje interinamente o cargo de governador do Estado do Pará.

O desembargador assume o governo em virtude do pedido de licença do governador Simão Jatene e dos impedimentos do vice-governador e do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, por força da legislação eleitoral.

A cerimônia de transmissão do cargo aconteceu no início da tarde desta terça-feira, 25, no Palácio do Governo, em Belém. Antes, o governador Simão Jatene e o desembargador Ricardo Nunes foram à solenidade comemorativa dos 200 anos da Polícia Militar do Estado.

A princípio, a licença do governador Simão Jatene irá até a próxima sexta-feira, 28, podendo ser prolongada. “Mais que um ato formal, essa transmissão representa um gesto de respeito na relação entre os poderes Executivo e Judiciário no Estado do Pará”, disse o governador Simão Jatene. “Deixo por alguns dias o cargo, mas com muita tranqüilidade, nas mãos de uma pessoa extremamente responsável e com uma bela história na Justiça desse Estado”, concluiu o governador.

O presidente do Tribunal de Justiça, e agora governador em exercício, Ricardo Ferreira Nunes disse que durante sua permanência no cargo “nada sairá do programado”. “Estou honrado em ocupar a cadeira tão bem ocupada, com responsabilidade e eficiência pelo governador Simão Jatene”, disse o desembargador.

Jatene anuncia seu afastamento do governo para ajudar Miranda na campanha eleitoral

Publicado em 25 de setembro de 2018

Na reta final da campanha eleitoral, o governador do Pará, Simão Jatene (PSDB) admite que se afastará da administração estadual. Ele vai atuar fortemente na campanha do candidato Márcio Miranda (DEM), coligado ao PSDB, que desponta em seu lugar nas pesquisas eleitorais.

No lugar de Jatene no Executivo Estadual, assumirá interinamente, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Ricardo Nunes.

Durante solenidade em comemoração aos 200 anos da Polícia Militar, na manhã desta terça-feira, 25, Jatene, afirmou ao repórter Diego Monteiro: “O meu sentimento é que o Pará não quer ser governado por alguém que tem envolvimento em Lava Jato e coisas desse tipo. É exatamente essa a razão que estarei me licenciando por alguns dias”, afirmou o governador paraense.

Jatene define, que que esta eleição para governador do Pará é mais que uma disputa entre partidos, entre candidatos. Ele diz, que pela própria característica da eleição e de algumas candidaturas, assume a condição de ser um embate cívico.

“É exatamente por essa razão, que estou me licenciando por alguns dias, volto e me licencio de novo”, explica o governador, que afirma que ficará disponível para contribuir para a defesa do Estado do Pará.

Para Simão Jatene a população vai fazer uma escolha muito séria, portanto, é necessário saber o rumo que o Estado do Pará pode tomar. “Se quer voltar ao passado, onde se atrasava salário de servidores, onde o banco do Estado estava na iminência de falir, na verdade tinha escândalos cotidianos, os recursos públicos de difícil comprovação de sua utilização e a maior prova disso são os fatos”, ressalta. (Roma)