Hiroshi Bogéa On line

Vozes intolerantes

 

A  chamada  grande mídia de Belém, com suas caras e bocas afetadas, não consegue disponibilizar racionalidade diante das “informações” que repassam aos seus leitores, ouvintes e telespectadores -, sobre a corrupção no interior da Assembleia Legislativa.

Enquanto o Diário do Pará faz de tudo para  desabonar a importância da CPI da Roubalheira, o O Liberal bate em sentido contrário.

Na  meio do tiroteio, leitores querendo entender por onde trafegar para ler alguma coisa de real no meio de letras, tintas e vozes baratinadas

Post de 

1 Comentário

  1. George Hamilton Maranhão Alves

    25 de abril de 2011 - 14:47 - 14:47
    Reply

    A grande imprensa se autocensura. Porém, a Internet, com seus blogs e outros canais de informação, onde a censura não tem vez, nos informa o que precisamos saber.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *