Hiroshi Bogéa On line

Voz da experiência

Simples como dois mais dois são quatro. A resposta de Jader Barbalho a Mauro Bonna, defendendo o plebiscito para a criação dos Estados do Carajás e Tapajós:

“Isso vai permitir um amplo debate envolvendo a população. Essa é uma longa caminhada e que não será decidida pelos políticos ou lideranças, mas pelo povo do Pará”.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    17 de outubro de 2007 - 16:04 - 16:04
    Reply

    O deputado Jader Barbalho sabe que não adianta Associação Comercial e nem veículo de comunicação ficar contra a vontdade do povo. Se o povo quiser, teremos novos Estados. Se não quiser, nada ocorrerá.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *