Voo Belém-Salinópolis ganha elogio de casal de comerciantes

Sempre acostumados a frequentar Salinópolis nos períodos de alta temporada, Arlindo e Liviane, comerciantes em Marabá, usavam as BRs 222 e 010 dentro de uma camionete, cruzando um trecho de quase 700 km.

Ida e volta passava de 1.500 km rodados, computando trajetos de passeios pela localidade turística.

No meio da semana passada, o casal dirigiu-se diretamente ao aeroporto Val-de-Cans, onde deixou o veículo no estacionamento e pegaram o voo da Azul, precisamente uma aeronave Cessna Grand Caravan.

Pronto, dizem que procurarão sempre usar o trajeto aéreo.

“Embora a gente faça um percurso de carro de 550 Km, de Marabá e Belém, é mais vantajoso em todos os sentidos. Em  Salinas, já tínhamos deixado um carro alocado no aeroporto. É uma viagem menos cansativa e mais rápida. Valeu a pena, e acho que sempre iremos suar esse recursos aéreo, principalmente nos finais de semana prologados”, disse Arlindo;

Os voos comerciais da Azul saindo de Belém para Salinópolis, começaram dia 30 de junho.

Desde o início de abril, não havia mais opção de compra de passagens para o voo de estreia, no site da Azul, indicando que elas teriam se esgotado.