Hiroshi Bogéa On line

Volta do cipó

Wanderson Chamont (PMDB), eleito prefeito de Curionópolis com 54% dos votos, fez um estrago nas chamadas hostes de Sebastiao Curió, ex-prefeito e inimigo declarado do futuro administrador do município. Como quem pisa em barata com o coturno.

Derrotou o ex-major do SNI em seu reduto histórico, Serra Pelada, de forma humilhante.

Chamonzinho promete não deixar pedra sobre pedra.

É a volta do cipó de arueira no lombo de quem mandou dar“.

Post de 

9 Comentários

  1. Anonymous

    9 de outubro de 2008 - 20:07 - 20:07
    Reply

    Acredito que o Curió já é passado, Não vejo motivos para se preocupar com este senhor. Posso afirmar que ele vai precisar de todo o tempo de sua vida para se desvencilhar dos processos e problemas que acumulou na sua vida pública e privada.
    Volto a citar o adágio popular:”PASSARINHO QUE ESTÁ DE MUDA, NÃO VOA, NÃO CANTA E NÃO PIA.”
    Apoio incondicionalmente o plebiscito.

    El Cid

  2. Anonymous

    8 de outubro de 2008 - 16:58 - 16:58
    Reply

    OURONOPOLIS….

    CAMPANHA PELO PLEBISCITO JÁ

  3. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 21:59 - 21:59
    Reply

    Para apagar esta sujeira de nossa história proponho um PLEBISCITO PRA MUDAR O NOME DA CIDADE – porque não chama-la de SERRA VERDE
    Zózimo.

  4. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 21:09 - 21:09
    Reply

    Blogueiro
    Sem tomar partido, mas “raposa velha que muito visita galinheiro termina caindo em armadilhas”,tava na hora desse curió cantar bem longe de curionópolis, aliás politicos da espécie de Curió é uma vergonha para o nosso Estado.

  5. Hiroshi Bogéa

    7 de outubro de 2008 - 20:42 - 20:42
    Reply

    5:26 PM, a expressão “pedra sobre pedra” utilizada no post busca apenas realçar a disposição do prefeito eleito em criar nova liderança política capaz de afastar de vez o ex-major do dia a dia daquela gente. Não tem nenhum sentido de contenda pessoal. O babaca aí de cima do anônimo 1:25 PM é quem tomou as dores do Curió,
    Um abraço.

  6. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 20:32 - 20:32
    Reply

    Tenho pena de Curionópolis.

    Não pelo que Curió fez ou deixou de fazer.

    Mas pelo o que está por vir.

  7. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 20:26 - 20:26
    Reply

    Concordo com vc Hiroshi, mas o Chamon deve mostrar q é superior a tudo isso e focar seu trabalho p/ fazer uma bela administração. Só assim esse mito (Curió) é derrotado de vez. Bjo

  8. Hiroshi Bogéa

    7 de outubro de 2008 - 17:21 - 17:21
    Reply

    1:24 PM, Deves estar equivocado ou és uma pessoa totalmente desinformada. Decididamente, eu nunca trabalhei para Sebastião Curió. Ademais, observo, entrelinhas, tua preocupação em passar um “recado” a mim e ao prefeito eleito de Curionópolis. Se for isso, perde teu tempo. Na minha trincheira, não recuo um milímetro do combate duro. Se for preciso bater pra esfolar, esfolo. E ratifico aqui o que tenho registrado em minha coluna no Diário do Pará: Curió é um mal para o município que leva seu nome e o responsável direto pelos conflitos gerados constantemente em Serra Pelada.
    Em muitos casos, é preciso, sim, pegar a tal onça com as mãos. E não apenas “cutucar”, rapá.
    Vau cuidar da tua vida, bicho!

  9. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 16:25 - 16:25
    Reply

    hiroshi, tu não achas que seria “salutar”, principalmente ao chamonzinho, largar um pouco a vida do curió? sigamos o ensinamento popular: não se cutuca onça com vara curta.

    Aliás, não te esqueça que tu mesmo já trabalhaste para o major da ditadura, e, portanto, conheceste bem o modo de operação do “ditocujo”.

    Água na fervura, já viveste em tua vida a experiência inesquecíveis

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *