Hiroshi Bogéa On line

Volta do cipó de arueira

Cinqüenta congregações da Assembléia de Deus escolheram, democraticamente, dois pré-candidatos a vereador de Parauapebas numa disputa com outros cinco nomes apresentados. O ex-prefeito Chico das Cortinas foi o fona. Ou seja, menos votado.

Fenelon Alves Sobrinho, pastor-comandante da Assembléia de Deus do município, e influente liderança política local, recebeu dos pastores das congregações delegação para negociar a participação do PSC na eleição de outubro.

De cara, Fenelon sabe com quem não sentará para tratar do assunto: Darci Lermen, prefeito do Pebas.

O pastor não esquece sua exoneração da secretária de Obras, pasta conferida a legenda dos evangélicos na formação da coligação que elegeu o atual prefeito, em 2004, depois de submetido a intenso processo de fritura.

Fenelon Alves acha que agora o PSC dará o troco.

Quem também fala em “dar o troco” é o empresário Valmir Mariano, regionalmente conhecido por Valmir da “Integral”, em alusão a Integral, poderosa empresa local dele que emprega cerca de 1.500 pessoas.

Valmir destila arrependimento por ter apoiado Darci Lermen. “Esse moço não cumpre acordos”, diz, referindo-se ao contrato denunciado pela prefeitura de implantação do sistema de água e saneamento da cidade, cuja licitação foi vencida pela Integral, mas teve o contrato rescindido, meses depois.

Atualmente, o Darci me deve mais de R$ 2 milhões, além da ajuda financeira pessoal que lhe dei na eleição de 2004”, revela, sem pedir reservas.

Valmir da Integral, caso não seja candidato a prefeito (probabilidade que não descarta) e o pastor Fenelon Sobrinho caminham para fechar acordo com a pré-candidata Bel Mesquita.

Post de 

4 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    7 de abril de 2008 - 13:22 - 13:22
    Reply

    6:49 PM, grafia e nome do pastor, como está no post, foram transmitidos a mim por um parente de Fenelon. E eu tenho pavor de escrever nomes próprios errado. Pavor mesmo.
    Agradeço pela correção.
    Abs

  2. William Bayerl

    7 de abril de 2008 - 03:00 - 3:00
    Reply

    As escritas certíssimas pelas linhas mais tortas da política colocou Parauapebas sob a administração de Bel a qual nunca mais foi a mesma.

    Depois de Bel o povo se tornou cada dia mais exigente e além de simpatia querem um prefeito com competência e que de fato resolva os problemas do município.

    Bel deixou o poder ñ pq o povo ñ a queria, mas sim pq a legislação ñ permite mais de uma reeleição… A eleição de Darci foi um acidente de percurso na história do município e isso será corrigido agora, com o apoio, inclusive, de lideranças que foram humilhadas e traídas pelo governo atual: Fenelon e Valmir são os dois principais nomes, mas ainda têm muitos outros.

    A parada ñ é fácil, mas aposto na vitória de Bel…

    … para o bem de Parauapebas!!!

  3. Anonymous

    6 de abril de 2008 - 21:49 - 21:49
    Reply

    SÓ A TÍTUTLO DE INFORMAÇÃO, O NOME CERTO DO PASTOR É FENELON LIMA SOBRINHO.

  4. renatinho

    5 de abril de 2008 - 01:27 - 1:27
    Reply

    Meu partido é Parauapebas. Não há a menor dúvida de que esse rapazinho deslumbrado chamado Darci não tem preparo para comandar tão importante Município. A próxima prefeita de Parauapebas com certeza será BEL MESQUITA e tanto o Pr. Fenelon quanto o Valmir da Integral são capacitados e altamente indicados para Vice na chapa de BEL MESQUITA. Com certeza Parauapebas terá muito a ganhar.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *