Hiroshi Bogéa On line

“Volta às aulas só quando todos estiverem seguros”, diz governo

Em um comunicado publicado na manhã desta segunda-feira (3) em suas redes sociais, o governo do Pará reiterou porque não recomendou que aulas fossem retomadas a partir de hoje.

A publicação reforça a determinação já tomada pelo governo ainda no dia 16 de julho, que adiou a retomada das aulas nas escolas estaduais, prevista inicialmente para hoje.

O adiamento foi definido até que dados mais robustos sobre o panorama da covid-19 no Pará sejam levantados, até 15 de agosto.

Na última sexta-feira (31), em coletiva, o próprio governador Helder Barbalho reiterou esse cenário e afirmou que o Pará deve aguardar a segunda etapa do inquérito epidemiológico realizado no Pará, que inicia esta segunda (3).

“Desde o início da pandemia de covid-19 no Pará, estamos buscando soluções que atendam às diversas realidades dos alunos da rede estadual de ensino por todo o Pará. ⁣Manter a suspensão das aulas é uma decisão difícil, porém necessária, que visa a preservação da vida dos estudantes, suas famílias e da comunidade escolar”, diz o governo do Estado em seu perfil no Twitter.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *