Hiroshi Bogéa On line

Vitória incontestável

Concluída a apuração, ficou assim o resultado da eleição para prefeito de Marabá:

Maurino Magalhães (PR) —— 45.963 votos (49,79%)
João Salame (PPS) ———— 27.442 votos (29,72)
Bernadete ten Caten (PT) —– 18.916 votos (20,49%)

* A votação de Tibirica (Psol) não aparece no boletim do TSE.

————
atualização às 13;00 (7/10):

A votação de Tibirica foi de 4.556 votos.

Post de 

16 Comentários

  1. Laércio Ribeiro

    9 de outubro de 2008 - 14:57 - 14:57
    Reply

    Dados do Cartório Eleitoral, disponibilizados ao Jornal Opinião na tarde de ontem, sobre a votação de Tibirica, não coincidem com o divulgado pelo blog. Segundo o informado, conforme divulgado na edição de hoje do Opinião, o candidato do PSOL teve 1.157 votos e não 4.556.
    Gostaria de saber de onde partiu a informação publicada no blog.
    Agradeço a resposta.

    Laércio Ribeiro.

  2. João Salame

    7 de outubro de 2008 - 21:02 - 21:02
    Reply

    Obrigado blogueiro.

    João Salame

  3. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 16:31 - 16:31
    Reply

    Blogueiro!
    Ao nobre Deputado João Salame:
    Quero lhe parebenizar pela humildade de reconhecer alguns erros cometidos em sua campanha, no entanto desejo ressaltar que a vitòria de Maurino era algo muito previsível e possível(Marilene Chaui), mas que foi amplamente substimada por parte de sua equipe de campanha; talvez esse tenha sido o seu maior erro.Um abraço , sucesso a vida continua…..

  4. DIOMEDES

    7 de outubro de 2008 - 15:58 - 15:58
    Reply

    A votação de Tibirica é EXATOS 4.556 VOTOS, portanto, não foram contavbilizados por estar impugnado com recurso (por problemas na documentação de afastamento do serviço público). NO ENTANTO, OS DADOS SE ENCONTRAM NO CARTÓRIO ELEITORAL,

    4.556 VOTOS PARA QWUEM NAO GASTOU $200,00 REAIS É UAM GRANDE VITÓRIA;

  5. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 15:51 - 15:51
    Reply

    Maurino, parabens! Estas eleiçôes provam que a vontade de Deus é superior a todas as vontades,mesmo que muitos pensam ao contrário, Deus te abencoe com sabedoria nestes anos de trabalho, um abraço, seu irmão em cristo. Ttt

  6. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 14:26 - 14:26
    Reply

    Maurino provou mais uma vez que o povo é o fiel da balança. Quando a plebe entende o que é melhor, confia no que viu e acredita no que virá, se torna praticamente impossível reverter uma situação. Mesmo que poderes políticos, econômicos e ditatoriais sejam usados para impedir a manifestação expontânea de uma decisão.
    Podemos afirmar que venceu aquele que demonstrou perseverança, determinação, humildade e honestidade nos seus propósitos. E perdeu quem sempre se utilisou da prepotência, arrogância e principalmente o egocentrismo determinante em tudo que realiza.
    Se o Maurino vai ser um grande prefeito, não poderemos afirmar agora. Só o tempo dirá. Mas certamente que ele vai procurar faze-lo com todas a suas forças e com sua já conhecida fé.
    Acredito que saberá encontrar as pessoas certas que serão co-responsáveis em sua administração.
    E quem sempre esteve com Deus no coração, certamente será iluminado.
    E segundo o adágio popular, “A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS”
    PARABÉNS! MAURINO, mãos a obra.

    El Cid

  7. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 13:53 - 13:53
    Reply

    Jornalista
    Pensamento de Marilena Chaui.
    Possivel X Provavel
    “O possivel não é provavel.O possivel, porém, é aquilo criado pela nossa própria ação”,o provavel é o previsivel algo que podemos calcular e antever,porque é uma probalidade contida nos dados que analisamos” .È parecia provavel e possivel a vitória de Maurino,Mas muita preferiu não acreditar.

  8. João Salame

    7 de outubro de 2008 - 13:46 - 13:46
    Reply

    Hiroshy

    Agradeço os mais de 27 mil votos que tive. Travei o bom combate. Fui duro quando necessário, mas nunca baixei o nível nem resvalei para os ataques pessoais. Claro que perder nunca é bom. Mas apresentei minhas propostas e sai de 6% para 30% ao final das eleições. Era conhecido dos formadores de opinião (tive pouco mais de 8 mil votos em Marabá para deputado) e me tornei conhecido de toda a população.
    Quanto às pesquisas quem certamente deve explicações é a Alvo. Não pedi que manipulassem nada. Inclusive essas pesquisas nos conduziram a uma estratégia equivocada. É um instituto cujo proprietário é ligado ao PMDB e conheço a seriedade do seu trabalho. Não é novo em pesquisas o cometimento desses erros. Na Bahia o atual governador sequer passaria ao segundo turno, de acordo com o Ibope, e ganhou no primeiro.
    O que importa agora é desejar sorte e sucesso ao Maurino. Não tenho nada de pessoal contra ele e tenho tudo a favor de Marabá. Por isso, desmontados os palanques, torço de coração que dê certo. É preciso humildade para reconhecer a vontade da maioria da população. Nosso grupo tem que entender o recado das urnas. De minha parte fiz o que pude, dei o melhor de mim e saio satisfeito com o resultado. Aproveito para agradecer os que aqui, nesse espaço, manifestaram solidariedade à minha candidatura. Procurarei honrar essas manifestações dando continuidade ao meu trabalho como um deputado atuante e antenado com os interesses de nossa região.
    Atenciosamente

    Deputado João Salame

  9. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 13:24 - 13:24
    Reply

    Estudante universitario.
    Hiroshi pra muita gente em marabá a vitoria de Maurino representa um atraso politico, entretanto na minha visão politica demonstra claramente que o povo não se convence mais com obras de periodo eleitoral.

  10. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 13:19 - 13:19
    Reply

    Aos incrédulos , uma prova de que nada é maior do que a Vontade de DEUS,
    que deu Sabedoria, Perseverança e Humildade ao Maurino,
    enquanto sobrou Soberba, Arrogancia e Mentiras do Outro lado.
    Paz e prosperidade ao povo de Marabá.

  11. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 13:15 - 13:15
    Reply

    BLOGUEIRO.
    HOJE APARECEU NAS BANCAS A PESQUISA PUBLICADA NO SÁBADO PELO JORNAL DIÁRIO DO PARÁ, INTERESSANTE NAQUELE DIA OS JORNAIS DESAPARECERAM EM UM PASSE DE MÁGICA…

  12. Anonymous

    7 de outubro de 2008 - 13:11 - 13:11
    Reply

    Bogueiro:
    Infelizmente o jornal OPINIÃo não esteve a serviço da informação imparcial.Parebenizo a você Hiroshi pela sua IMPARCIALIDADE, É ASSIM QUE SE FAZ UMA IMPRESSA COMPROMETIDA COM SOCIEDADE.

  13. Anonymous

    6 de outubro de 2008 - 19:20 - 19:20
    Reply

    Cadê o João Salame para explicar as “pesquisas” publicadas no jornal dele? Cadê o respeito ao eleitor, pode mentir dessa forma?

  14. Anonymous

    6 de outubro de 2008 - 14:08 - 14:08
    Reply

    E não é que as pesquisas publicadas em o Correio do Tocantins estavam certas!

    O Secador

  15. Anonymous

    6 de outubro de 2008 - 13:28 - 13:28
    Reply

    Cadê os responsáveis pela pesquisa do Instituto Alvo? O povo precisa de uma explicação?

  16. Flávio Oliveira

    6 de outubro de 2008 - 13:06 - 13:06
    Reply

    Hiroshi, a aprovação popular é incontestável na democracia. Acho que o povo de Marabá queria mesmo mudança.

    Flávio Oliveira
    http://diariodebelem.blogspot.com

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *