Hiroshi Bogéa On line

Vítimas de extorsão denunciam agentes do Detran, no Sul e Sudeste do Pará

Agentes do Detran percorrem municípios do Sul e Sudeste do Estado, realizando blitzen em estradas e esquinas de ruas.

A operação é classificada de “Arrocha Bolso”, em alusão aos objetivos exclusivamente arrecadatórios das ações.

No rastro do instrumento repressivo, começam a pipocar denúncias de atos de extorsão praticados por agentes do órgão, durante as operações de surpresa realizadas em diversos municípios.

Como a maioria das pessoas supostamente vítimas das extorsões se manifesta temendo represálias policiais, as denúncias não prosperam.

Ficam apenas no falatório geral.

No entanto, em Conceição do Araguaia, semana passada, uma vítima de extorsão decidiu comprar a “briga”.

E foi ao Ministério Público local, acionando o promotor Alfredo Amorim.

Resultado: o agente do Detran, Benedito Fernandes,  teve sua prisão consumada portando mil reais que havia recebido de Cristiano Souza, condutor flagrado com irregularidade no veículo, além de dirigir embriagado

O agente teria exigido  de Cristiano a quantia citada, para liberar o carro e não registrar o ato de infração.

Agente foi preso quando trafegava pelo centro de Conceição.

O promotor determinou a prisão de outro agente do Detran, que estaria agora em Redenção.
A policia tenta cumprir um mandado de prisão contra outro agente que estaria na cidade de Redenção.

“Bené”, como é conhecido Benedito Fernandes,. vai responder pelo crime de concussão – extorsão praticada por um servidor público em função do cargo que ocupa.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *