Violência em Anapu provoca reunião de emergência

Publicado em 10 de setembro de 2015

 

Representantes de instituições responsáveis pela segurança pública e pela prevenção a conflitos no campo vão realizar reunião nesta sexta-feira, 11 de setembro, para discutir a escalada de violência em Anapu, no sudoeste do Pará.

Entre julho e agosto deste ano foi registrada uma série de quatro assassinatos no município.

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) aponta que os crimes estão ligados à disputa por uma área conhecida como gleba Bacajá, local onde a missionária Dorothy Stang foi assassinada, em 2005, também por causa de conflitos fundiários.

A reunião desta sexta-feira é decorrente de reunião realizada no Instituto de Terras do Pará nesta quarta-feira, 09 de setembro, pela Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo.

Essa primeira reunião contou com a participação do MPF.