Vingança malígna
Humor fedorento de um pecuarista, numa rodada de amigos na sede da AABB, domingo, em Marabá:

– Quanto mais Belém se opõe à criação do Estado do Carajás, mais merda será solta na CDP. Todo dia temos condições de mandar pelo menos cinco carretas chapadas de bovinos para soltar “perfume” na Estação das Docas”.

O que o alegre produtor não disse é se ele gosta de pagar ICMs sobre o gado vendido ou tentar burlar a lei nas barreiras da Sefa.