Vereador continua desaparecido depois do naufrágio no rio Araguaia que resultou na morte de esposa e filho

​​​​O vereador  Maurisan Alves, ​de ​51​ anos​,  continua desaparecido.

Ele pode estar entre os mortos do naufrágio de uma embarcação, no rio Araguaia, ocorrido na tarde deste sábado (4) com pelo menos oito pessoas no lado paraense do Rio Araguaia, no Distrito de São José, na região conhecida como Pontão, em Xinguara (PA), município que faz divisa com Santa Fé do Araguaia, no norte do Tocantins.

Segundo informações do Cabo Adlevan Rodrigues de Oliveira, comandante da Polícia Militar no distrito, oito pessoas estavam a bordo no momento do acidente, sendo três crianças e cinco adultos. Os tripulantes eram o vereador Maurisan Alves de Araújo (PDT), de Xinguara, sua esposa, dois filhos do casal, dois amigos e mais uma criança.

O cabo disse que estava de folga, mas participou ativamente do socorro às vítimas. O filho mais velho do casal, identificado como ‘Gaguinho’, e o filho de outro tripulante foram resgatados com vida. Ainda durante as buscas, o corpo do filho mais novo do vereador, uma criança de aproximadamente 10 anos, foi encontrado. Os demais tripulantes ainda estão desaparecidos.

“Mesmo de folga, fui com os barqueiros juntamente com várias voadeiras para realizar as buscas pelo rio e conseguimos, na medida do possível, ajudar o pessoal no resgate, mas infelizmente não encontramos o vereador, sua esposa e nem o Jorginho. Amanhã às 6h [domingo] vamos retomar as buscas, pois aqui não temos Corpo de Bombeiros. Chegamos a acionar a corporação, mas eles disseram que só poderiam chegar pela manhã”, declarou o militar.

Segundo testemunhas, o naufrágio teria acontecido no momento em que o grupo retornava de uma das ilhas da região. Ventava bastante, formando banzeiros, e a água está barrenta devido às recentes chuvas.
Tragédia causou comoção no Distrito de São José, em Xinguara (PA) / Foto: Divulgação

Amigos, familiares das vítimas e vários moradores do distrito se empenharam nas buscas, mas os trabalhos foram suspensos com a chegada da noite. Equipes do Corpo de Bombeiros do Pará foram acionadas, mas informaram que só poderiam ajudar nas buscas na manhã deste domingo (05).

A tragédia gerou grande comoção nas redes sociais tanto na região sul do Pará quanto no norte do Estado do Tocantins.

Maurisan Araújo (foto), 51 anos, é natural de Miracema do Tocantins e fará aniversário no próximo dia 20 de dezembro.

Ele é agricultor e fora eleito com 358 votos nas eleições de 2020.