Velhos baianos

Publicado em 26 de novembro de 2008

Ora, quem diria, o grande Tom Zé perdendo o eterno bom humor, em xingamento a  Caetano:

             –   “Caetaaaanooo, vai tomar no…”

 A resposta de Veloso veio dois dias depois:

           Você não precisa recusar um abraço meu para ser grato a quem o ajudou. Eu gosto de você. Não precisamos desses surtos de ressentimento.

Quem acompanha a trajetória artística dos dois baianos sabe que  essa briga é velha, vem lá desde a Tropicália. Caetano, Gil e cia. seguiram carreira, Tom Zé ficou para trás. E não perdoou. 

Só faltou dizer: ‘Me poupe do seu elogio’.