Hiroshi Bogéa On line

Varre, "Vassourinha", varre!

Manifestação contundente de leitores ao post Fedentina estomacal, através de comentários aqui no blog, telefonemas e emails, não causa nenhuma surpresa. A população paraense é inteligente e sensível, sabe distinguir o que funciona.

Lá de Parauapebas, o blogueiro William Bayerl dá umas pitadinhas a respeito de quem é a figura.

Um dos anônimo presentes, bate forte contando que Hidelbrando não pode ser levado a sério:

Eu falei sobre esse rapaz em um post seu, Hiroshi, há meses atrás. Esse moço foi candidato folclórico a prefeito de Parauapebas. (Lembra quando o MACACO TIÃO, um orangotango do zoo do RJ que foi candidato a prefeito do Rio -protesto-, e teve até uns votinhos?)Pois é. Ele – o tal Rui- andava engravatadinho e com uma indefectível vassoura na mão vociferando: “maranhense vota em maranhense”; seu programa eleitoral era cômico, cheio de erros de concordância verbal e nominal. Não dá para entender alguém levar esse cara a sério….

Também o blogueiro Levi Meneses, meteu sua colher na panela:

Postei comentário em outra postagem sua sobre o cidadão, e creio ser o mesmo que conheci anos atrás. àquela época, ela estava a serviço de parlamentares como Martinho Carmona (para quem seu ex-sócio Alberto ainda trabalha), Giovanni Queiroz e outros. Pelo menos dizia que estava a serviço deles, pois usava da representatividade do PDT.
Como seu interesse não é outro além de dinheiro, deve estar a serviço de alguém, e não será difícil descobrir. Basta fazer uma ou outra pergunta ao cidadão e saberás. Lamento que uma questão tão séria como a divisão territorial de u estado tão rico como o Pará esteja sendo manipulada por gente deste nível. Como bem disseste, no final teremos mais gente miserável e uns uns poucos mais ricos…


Na caixa de comentários, a turma zangada com o “ Vassourinha”, porque conhece o “Vassourinha”.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *