Vale tudo

Publicado em 17 de outubro de 2008

Entra-e-sai suspeito no comitê eleitoral de candidato a prefeito de Macapá provoca a prisão de doze motoqueiros e de representantes partidários. Pega fogo a campanha, com crime eleitoral a torto e a direito.

Quem conta é Alcinéa, a caminho de 500 mil acessos.