Vale encaçapa mais uma

Publicado em 28 de novembro de 2008

Enquanto a Petrobrás pede merreca emprestada aos bancos públicos, o céu é o limite. Pra Vale:

A Vale informa que fechou o contrato de aquisição da Petroleum Geoscience Technology Ltda – PGT, empresa especializada em exploração e produção de petróleo e gás. A aquisição da PGT está alinhada à estratégia da Vale de investir na produção própria de gás natural para suprir suas operações no Brasil e no exterior, que apresentam grande demanda por este insumo energético. O valor total da aquisição é R$ 15 milhões, a ser pago em parcelas anuais até 2013.
“Estamos adquirindo mais conhecimento em exploração de gás natural e petróleo. O objetivo é ampliar as opções de geração energética na Vale”, afirmou o diretor executivo de Não Ferrosos e Energia, Tito Martins. Criada em 2003, a empresa passará a se chamar Vale Exploração e Produção de Gás Natural – E&P e ficará ligada ao Departamento de Energia.
Desde 2007, a Vale vem investindo em participações em consórcios para exploração de gás natural nas bacias sedimentares brasileiras. A empresa já construiu um portfólio composto por 15 blocos.
Na 9ª rodada de licitações da ANP, realizada em novembro de 2007, a Vale adquiriu direitos de exploração sobre blocos nas bacias de Santos, Para- Maranhão e Parnaíba. Além desses blocos licitados na 9ª rodada, o portfólio comporta ainda participações adquiridas de outras empresas do setor nas bacias de Santos e Espírito Santo.
Em nenhum dos blocos a Vale desempenha o papel de operador responsável pela condução das atividades. Sua participação varia entre 10% e 50% e a seleção dos blocos-alvo foi feita com base no seu potencial para a produção de gás natural.
A partir da aquisição da PGT, a Vale construirá sua equipe própria de profissionais especializados. Os sócios-diretores da PGT permanecerão na empresa e ajudarão a implantar e conduzir os processos exploratórios.

Fonte: Assessoria de Comunicação