Hiroshi Bogéa On line

Unifesspa e Ministério da Saúde articulam ações para viabilização do programa de Residência do curso de Medicina

O  reitor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Maurilio Monteiro, esteve em Brasília, mais precisamente no Ministério da Saúde, articulando ações no sentido de garantir a implantação do curso de Medicina na Unifesspa de Marabá.

Em reunião com João Salame,  diretor do DAB – Departamento de Atenção Básica –  (foto) Maurílio discutiu  a possibilidade de firmar parceria visando  o funcionamento  de programas de residência médica ,  com a garantia de acesso à estrutura de serviços de saúde, oferecendo campo de prática, mediante a integração ensino-serviço-comunidade nas redes de atenção à saúde, proporcionando também estágio curricular aos acadêmicos.

Salame destacou ter o apoio do ministro da Saúde, Ricardo Barros, para a iniciativa.

A residência do curso não vai precisar do Hospital Regional porque será voltada para a atenção básica.

O ex-prefeito e ex-secretário de Saúde de Marabá, ainda na gestão João Salame, formatou

Uma proposta da residência, sugerida pelo ex-prefeito e ex-secretário de Saúde de Marabá, Nagib Mutran, está sendo resgatada pelos articuladores da parceria.

“O projeto  idealizado pelo Nagib é muito bom, pode perfeitamente tornar real o funcionamento da Residência Médica, e elo que estamos usando como parâmetro”, diz Salame.

Maurílio Monteiro  destacou o apoio que já vem sendo dado para a Unifesspa pelo deputado Beto Salame, na construção do Restaurante Universitário de Marabá e do Campus de Xinguara através de emendas parlamentares.

“O compromisso do João e do Beto com a Universidade tem sido intenso e com certeza, com as forças que estão sendo arregimentadas, vamos conseguir o sonho de ter o curso de Medicina em nosso Campus de Marabá”, disse o reitor.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *