Hiroshi Bogéa On line

Unifesspa conquista liberação de 156 novas vagas para professores e técnicos administrativos

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) obteve a liberação de 156 códigos de vagas para servidores do quadro efetivo da universidade.

A autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão foi publicada nesta quinta-feira (19), por meio da Portaria Interministerial Nº 316, de 9 de outubro de 2017.

A Unifesspa é a instituição com maior número de vagas concedidas entre todas as instituições federais de Ensino Superior do Brasil, contempladas pela Portaria.

Do total de vagas autorizadas, 86 serão destinadas para contratação de professores e 70 para técnicos administrativos, sendo 30 vagas para os cargos de nível D e 40 para cargos de nível E.

Em todo o país, foram autorizadas a ampliação de 1900 vagas para servidores em universidades federais.

Os códigos de vagas liberados vão atender, prioritariamente, os institutos com cursos em implantação nos campi de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara.

De acordo com o reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, essa conquista é resultado do reconhecimento da sociedade sobre o importante papel da Educação Superior na região sul e sudeste do Pará.

“É fruto de uma intensa articulação com a sociedade e a representação parlamentar sobre a importância da Unifesspa para o desenvolvimento regional. Essas novas vagas são imprescindíveis para garantir a consolidação das ações nos campi fora de sede, ampliando a oferta de cursos na região”, ressaltou o reitor.

Com a autorização do Ministério do Planejamento e Gestão, a Unifesspa já se prepara para reavaliar as principais demandas e prioridades de preenchimento das vagas para dar início ao processo de elaboração dos editais de concurso público, que deverão ser publicados ainda este ano. Também será avaliada a possibilidade de aproveitamento de vagas nos concursos vigentes.

Post de 

1 Comentário

  1. Júlio Cézar

    20 de outubro de 2017 - 12:20 - 12:20
    Reply

    Então é seguir estudando, estudando, estudando…..

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *