Hiroshi Bogéa On line

Unanimidade: UFPA rejeita aderir ao Programa Future-se

A UFPA deu seu grito de guerra  às intenções do governo federal de avançar na linha de privatização do ensino público superior.

À decisão unânime do Conselho Universitário (Consun), no Campus do Guamá, em Belém, a  Universidade Federal do Pará (UFPA) decidiu nesta segunda-feira, 23, rejeitar a adesão ao programa Future-se, do Ministério da Educação (MEC).

“Este não é o futuro que as universidades públicas federais vislumbram para a sua atuação”, afirmou o reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho.

Antes da reunião, estudantes e professores fizeram uma manifestação contra a adesão nos corredores da instituição.

O Future-se propõe mudanças na configuração das universidades e institutos públicos federais brasileiros.

O projeto foi lançado para, segundo o MEC, promover maior autonomia financeira nas universidades e institutos federais por meio de incentivo à captação de recursos próprios e ao empreendedorismo.

A adesão ao Future-se é voluntária. Com a UFPA, já são 25 universidades federais que rejeitaram o Future-se.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *