Hiroshi Bogéa On line

Um & outro

O vice-prefeito de Marabá, Nagilson Amoury, quer mais é ser feliz.

Em menos de uma semana, o médico colocou equipes nas ruas formadas por técnicos, enfermeiros, médicos das secretarias de Saúde do município e Estado, Exército e Corpo de Bombeiros, visitando casa por casa. Cruzou quase toda a Nova Marabá (um dos Núcleos mais problemáticos para locomoção devido a sua frágil infra-estrutura urbana) e segue firme rumo a outros Núcleos, conscientizando moradores e burrificando instalações residenciais.

É a maior campanha de combate a dengue registrada na cidade nos últimos dez anos.

Ao contrário de Maurino Magalhães, até o presente momento igual barata tonta à frente do executivo, o vice-prefeito age com praticidade, silencioso.

Assustando uns e outros com reações às vezes duras, é verdade, mas criando uma boa imagem junto à população.

A do prefeito desaba, feito botijão de gás ladeira abaixo.

Post de 

10 Comentários

  1. Anonymous

    8 de março de 2009 - 21:20 - 21:20
    Reply

    Hiroshi,
    Informa, para os amigos desavisados, que auditoria é cargo de confiança em qualquer administração. Que a esposa do Dr. Nagilson não trabalha na Secretaria de Saúdem-, que o irmão dele é concursado do município, que as ambulâncias da zona rural estavam todas sucateadas e foram recolhidas para reparos e posterior devolução a suas origens, que as compras dos medicamentos não estão sendo feitas pela secretaria de saúde e por isso a dificuldade das compras da saúde pis o MP deu prazo de noventa dias para isso se estabelecer na própria SMS, e as atividades do atendimento da zona rural não serão feitas por uns gatos pingados, mas por um rodízio dos profissionais da saúde do municipio.
    Só precisa dar mais tempo, pois ninguem tem uma lâmpada mágica para resolver tudo em dois meses.
    O relacionamento do Maurino e do Dr. Nagilson é exemplar e sereno.
    um abraço

  2. Anonymous

    8 de março de 2009 - 21:09 - 21:09
    Reply

    Caros Hiroshi,
    Deixemos as coisas acontecerem, pois só tempo dirá o que vai acontecer.
    Muita gente ficou sem seus cargos de chefia, que achavam serem vitalicios, e agora ficam soltando “balões” de boatos descabidos. Ser chefe necessita de confiança do gestor e isso é normal.
    Perseguição não há na secretaria de saúde, apenas uma readequação. Pois todo gestor tem o direito de mudar e colocar as pessoas de sua confiança para dar sua cara a nova administração.
    Vamos dar o tempo ao prefeito e ao vice, pois só se passaram dois meses. O Tião passou 8 anos e tinha muita coisa errada.
    Um abraço.

  3. Hiroshi Bogéa

    4 de março de 2009 - 18:03 - 18:03
    Reply

    Gilmar, presta atenção.
    O blog não é agente do DOI-CODI e nem laboratório farmacêutico para colocar tarja preta nisso ou naquilo. Ou tu mesmo eleva o nível de teu comentário ou não sai.Você entra na vida pessoal do cidadão.. Calma, meu!

  4. Anonymous

    4 de março de 2009 - 17:34 - 17:34
    Reply

    Hiroshi, na minha opinião o único erro do Maurino até agora foi ter deixado a equipe do Tião na prefeitura. Veja só, na sec. de obras tem até um funcionário lotado que sua única função é pescar com o secretário e os convidados desse, em uma ilha em São joão do Araguaia – isso ocorre há anos – e pelo jeito vem continuando.
    Na sec. de educação tem um funcinário encarregado de preparar as farras e tira-gostos para uma vereadora, e essas coisas estão continuando, ninguém denuncia. Tem também o caso de um empreiteiro que mantém uma funcionária de sua empresa na sec. de obras, para alí preparar os processos de licitações e outras cositas mais. E NINGUÉM VÊ ISSO!
    O maurino só tem dois meses de governo, é muito pouco para ser cobrado, ainda não deu tempo para mostrar a que veio, bôbo ele não é, senão não teria ganho de dois ‘letrados deputados estaduais’ apadrinhados pelo então prefeito e pela governadora.

  5. gilmar

    4 de março de 2009 - 17:29 - 17:29
    Reply

    caro hiroshi,
    retire entao a citação que afeta a alguns e tem conhecimento de todos e publique em forma de censura.
    ponha uma tarja preta, por favor!!
    sds,

  6. Anonymous

    4 de março de 2009 - 15:02 - 15:02
    Reply

    Esse maurino é realmente uma tragédia. Talvez seja por isso que o vice Nagilson não cansa de dizer que ele é incompetente e na cvasa da mãe dele não se fala em outra coisa a não ser na cassação do prefeito.

  7. Anonymous

    4 de março de 2009 - 14:44 - 14:44
    Reply

    O Nagilson cortou pela metade os medicamentos para os postos de saúde; recolheu todas as ambulâncias da zona rural; acabou com a comissão de apoio a zona rural da secretaria; desarticulou a auditoria interna; implantou o nepotismo com o irmão e a esposa dando teco em tudo na secretaria; persegue funcionários que ele avalia que apoiaram candidaturas adversárias (a última a cair foi a competente Maria Martins). O Hospital Municipal está o caos e os postos de saúde sem chefia, pois os enfermeiros não querem assumir. Sem falar que os que ficaram à frente dos postos estão sem portaria e o secretário não quer pagar os mesmos. Respeito seu elogio ao trabalho que está sendo feito no combate à dengue, mas existe muito mais fumaça entre o céu e a terra do que possa supor as aparências.

  8. Hiroshi Bogéa

    4 de março de 2009 - 12:50 - 12:50
    Reply

    Gilmar, reformule seu comentário, pelo menos na parte em que você cita uma suposta “ex-amante”. Admita ser eticamente condenável entrar na vida pessoal das pessoas, sejam elas quem forem. Com esse procedimento, sua crítica será publicada.
    Um abraço.

  9. Anonymous

    3 de março de 2009 - 19:46 - 19:46
    Reply

    Alguém “pelamordedeus” avisa o Maurino que ele venceu a eleição e já pode até começar a trabalhar.

  10. Anonymous

    3 de março de 2009 - 18:56 - 18:56
    Reply

    Hiroshi.
    O Maurino é dair pra pior, para mim não é supresa.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *