Última forma

No Quaradouro, desde ontem, o caminho a ser seguido pelo pecuarista João Batista Correa de Andrade: pedir intervenção federal no Pará.