Hiroshi Bogéa On line

Tribuna universal

Uma das razões que levaram o Diário do Pará a ser o jornal mais lido no Estado foi o trabalho de formiguinhas desenvolvido para emplacar correspondentes em quase todos os municípios. Criou-se um laço de identificação entre a folha e as comunidades, que se consolida a partir do momento que a empresa não fecha suas páginas para manifestações como a que saiu na edição de hoje registrando nota de repúdio à ACP, assinada por vinte associações comerciais do interior que defendem a criação dos Estados do Carajás e Tapajós. O jornal teve o cuidado também de ouvir a diretoria da própria Associação Comercial do Pará. Jornalismo responsável é isso.
Parabéns, Gerson!

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    19 de julho de 2007 - 13:46 - 13:46
    Reply

    Aqui em PARAUAPEBAS a grande maioria do povo só ler o Diário do Pará. Só está faltando sair mais matérias do município, parece que os jornalistas que escrevem aqui pelo jornal não gostam do pebas.
    Sandra da Confecções Carajás

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *