Trevo do KM 6 não suporta mais estrangulamento do tráfego na hora do rush

Publicado em 2 de fevereiro de 2021

Entre 7 e 9 horas e das 17 às 19hoo, está um suplício cruzar o trevo que liga  as rodovias  Transamazônica e Br-155.

O intenso tráfego de veículos chegando a saindo da cidade está ganhando proporções de descontrole.

O trânsito fica parado e, invariavelmente,  todos perdem muito tempo  aguardando o desafogamento.

A hora do pico, ou do rush, já está se estendendo para outros horários, além dos citados acima, tal o grande número de veículos, leves e pesados, tentando passar ao mesmo tempo pela confluência das duas rodovias federais.

Já passa da hora da Prefeitura de Marabá  montar estratégias junto ao Dnit buscando uma solução técnica, que passa certamente pela construção de um viaduto.

Sem essa obra, cada dia será mais difícil cruzar aquele trevo.