TRE nega registro a Duciomar Costa

Publicado em 2 de agosto de 2014

 

Publicado originalmente no G1:

 

O ex-prefeito de Belém, Duciomar Costa (PTB), teve o registro de candidatura negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará neste sábado (2) por 3 votos a 2. O Tribunal entendeu que Duciomar não poderia concorrer ao cargo de senador nas eleições de outubro por ter tido conduta irregular durante as eleições municipais de 2012, além de não ter comprovado o pagamento de multas aplicadas pela justiça. O advogado de Duciomar, Sábato Rosseti, disse irá recorrer ao TSE.

“Diante do equívoco que representou esta certidão, que demonstrou que o processo precisa de exame mais acurado, é claro que o recurso será apresentado dentro do prazo. Um dos argumentos do Ministério Público é que ele teria sido condenado por prática e conduta vedada e, embora tenha sido aplicado multa, ocorre que ficou provado que Duciomar não teve cassação de registro ou diploma. Vou recorrer na convicção que será reparada esta injustiça”, disse Rosseti.

O ex-prefeito de Belém, Duciomar Costa (PTB), teve os direitos políticos suspensos pela Justiça Federal em junho de 2014 por irregularidades na tentativa de compra de um hospital no ano de 2005. Ele foi condenado a pagamento de multa de R$ 651 mil e está proibido de fazer contratos com o poder público por cinco anos. Segundo o advogado de Duciomar, existem recursos tramitando em instâncias superiores que impedem que a sentença seja considerada definitiva.