Hiroshi Bogéa On line

Tragédia na siderúrgica

O poster acaba de ser informado de uma tragédia ocorrida nas dependências da Sinobrás com o desmoronamento de imensa caixa d´água edificada para resfriar os fornos da empresa. Corpo de Bombeiros e ambulâncias estão chegando na usina para atender feridos, no Distrito Industrial de Marabá.

A caixa d ´água, construída em forma de torre, ficava próximo ao núcleo da aciaria programada para ser ativada neste final de semana.

Post de 

7 Comentários

  1. Anonymous

    1 de abril de 2008 - 02:15 - 2:15
    Reply

    Ah! só lembrando era uma tragedia anunciada sim.
    O povo brasileiro dorme… ou tem medo de falar, povo estamos em uma democracia, temos de falar a verdade e o que é certo.

  2. Anonymous

    1 de abril de 2008 - 02:13 - 2:13
    Reply

    Simone Rufino Silva
    Boa noite, obrigada a todos por de alguma forma se solidarizar com os que trabalham lá na “temida” e tambem à aqueles que trabalharam ate o dia da tragedia.
    Sou irma de Daniel Rodrigues uma das vitimas fatais , meu irmao se foi tao novo e cheio de sonhos a realizar, é, mais quem se importa…
    Como todos sabem era funcionario da Integral Engenharia… e por pior que seja a empresa nao deu a minima pra familia.

  3. Anonymous

    27 de fevereiro de 2008 - 14:40 - 14:40
    Reply

    O “anônimo” acima engana-se afirmando que o acidente não aconteceu com a Sinobras e sim com a Integral Engenharia. Ora, para quem a Integral Engenharia trabalhava no momento do acidente?

    Flávio Oliveira (Jornalista)
    Belém

  4. Anonymous

    26 de fevereiro de 2008 - 19:59 - 19:59
    Reply

    Nao tenho procuracao da Sinobras para falar nem parentes trabalhando lá.
    Mas a verdade é que o acidente aconteceu na Sinobras mas nao aconteceu com a Sinobras e sim com a empresa de engenharia responsavel pela construcao da caixa dágua portanto o acidente foi com a Integral Engenharia e as vitimas fatais eram funcionarios da mesma.

  5. Anonymous

    26 de fevereiro de 2008 - 00:28 - 0:28
    Reply

    A operação SENSURA comandada pela assessoria de comunicação da empresa foi uma demonstração de que a sociedade pouco ou nada sabe sobre o que de fato ocorre na dita Siderúrgica. O que se viu foi funcionários encurralados diante do susto e a pressão de amhter o silencio ao ponto de funcionários terem os celulares recolhidos.

  6. Anonymous

    25 de fevereiro de 2008 - 23:42 - 23:42
    Reply

    Audacioso projeto. São 300 milhões de dólares para a construção da aciaria. Porém, de todo esse fabuloso investimento, quanto a Sinobras tem aplicado para garantir a vida de seus colaboradores? Acho que todos gostariam de saber.

    Flávio Oliveira (jornalista – Belém)

  7. JOSÉ DE ALENCAR

    25 de fevereiro de 2008 - 22:53 - 22:53
    Reply

    Hiroshi,

    Lastimável a tragédia.
    Que não foi anunciada.
    Como quase sempre, envolvendo trabalhadores terceirizados.
    Publiquei um post no Blog do Alencar citando-o.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *